Facebook Img Logo
Mais lidas
Cotidiano

Richa anuncia desincompatibilização do Governo do Estado

.

O governador Beto Richa anunciou nesta segunda-feira (26) sua descompatibilização do cargo no próximo dia 6 de abril. O comunicado foi feito em reunião administrativa com secretários e gestores de empresas, autarquias e outros órgãos do Estado, no Palácio Iguaçu. A vice-governadora Cida Borghetti assume o Poder Executivo a partir do dia 07 de abril.

Richa fez um balanço da gestão, salientou o equilíbrio fiscal do Estado e agradeceu o apoio recebido de toda a equipe administrativa e dos deputados estaduais. “Tomo esta decisão com muita tranquilidade. Fizemos, e fizemos bastante”, afirmou. “Hoje, o Paraná dá exemplos ao Brasil. O País reconhece que as medidas adotadas aqui se revelaram muito bem-sucedidas”, disse.

O governador citou evoluções em todas as áreas da administração estadual e reforçou o empenho da gestão para levar obras, programas e serviços aos 399 municípios paranaenses. “Alcançamos incomparáveis avanços. Como não me orgulhar de um governo que garantiu mais qualidade de vida para os paranaenses”, afirmou ele, citando dados que mostram a redução da pobreza e da miséria no Paraná nos últimos sete anos.

“Saio de cabeça erguida, com a certeza de que cumpri a minha obrigação enquanto gestor público. Em todas as áreas, o Paraná merece destaque nacional”, prosseguiu Richa em sua explanação aos membros do governo, sustentando que este reconhecimento vem de instituições internacionais como a agência de classificação de risco Fitch e do grupo Financial Times. “O Paraná é um canteiro de obras e um dos estados mais competitivos do País”, disse.

SETORES - Richa também citou o fortalecimento das empresas estatais e autarquias, os recursos disponibilizados para obras em municípios, os programas de apoio à agricultura, os grandes investimentos em habitação e para a modernização da estrutura de saúde. Nesta área, destacou a instalação de bases aeromédicas, a redução da mortalidade materna-infantil, o incentivo financeiro para hospitais públicos e filantrópicos e o crescimento do número de transplantes.

Na área de segurança, Richa lembrou que o Paraná tem a menor taxa de homicídios em uma década e também da maior contratação de policiais da história do Estado e da compra de 3 mil viaturas, além de armamento moderno e novas delegacias. Na educação, ressaltou que o Estado investe 36% das receitas no sistema público de ensino e quadruplicou recursos para a alimentação e transporte escolar.

A infraestrutura, afirmou o governador, foi uma das áreas com grandes investimentos, que permitiu novos trechos de rodovias, contornos rodoviários em diversos municípios, 500 quilômetros de duplicações, e R$ 2,3 bilhões para a conservação de 12 mil quilômetros de estradas estaduais.

Richa também salientou o programa de incentivos que atraiu R$ 43,5 bilhões em investimentos produtivos para o Paraná, gerando milhares de oportunidades de emprego. O governador enfatizou a relevância de programas nos setores de ciência, tecnologia e ensino superior, meio ambiente e cultura.

“Saio com a consciência tranquila, ciente de cumpri com meu papel”, afirmou Richa, agradecendo a confiança que recebeu da população paranaense e a boa parceria que formou com a

CONTINUIDADE
A vice-governadora Cida Borghetti ressaltou que seu governo, que segue até dia 31 de dezembro, será de continuidade. “Fico muito seguro em deixar o governo nas mãos da Cida”, afirmou Richa. “O Paraná tem uma gestão pública eficiente e vamos dar continuidade a ela, ampliar as políticas públicas já existentes e seguir a mesma linha de trabalho”, afirmou.

A vice-governadora disse que qualquer mudança de nomes no primeiro escalão será discutida com o governador Beto Richa e o grupo que administra o Paraná. “Estamos fazendo um governo sério e competente, com uma gestão austera e eficiente”, afirmou Cida Borghetti.

PRESENÇA
A reunião de secretariado foi acompanhada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, pelo líder do governo no legislativo estadual, deputado Luiz Claudio Romanelli, e por deputados estaduais da base.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber