Facebook Img Logo
Mais lidas
Cotidiano

Repórter da BBC grava assédio de deputado russo: "Você vai ser minha amante"

.

Farida Rustamova
Farida Rustamova

Uma jornalista da BBC afirma que sofreu assédio sexual do deputado russo Leonid Slutsky. Repórter da BBC Rússia, o serviço russo da BBC, Farida Rustamova é a terceira jornalista a acusar o parlamentar de comportamento sexual impróprio.

O deputado do Partido Liberal Democrata, uma sigla conservadora, nega as acusações e afirma que vai processar as jornalistas por difamação.

A Rússia não viu a mesma mobilização contra o assédio sexual que ocorreu em outros países europeus e nos Estados Unidos após casos ruidosos envolvendo pessoas famosas virarem manchete.

(Leonid Slutsky é membro do parlamento russo e do Partido Liberal Democrata, uma sigla conservadora)

‘Fiquei sem palavras’
Rustamova gravou a entrevista com o parlamentar ocorrida há um ano, na qual ocorreu o incidente. A gravação está em posse da BBC, que decidiu não publicá-la.

Em 24 de março de 2017, Farida Rustamova visitou Leonid Slutsky, líder do comitê de assuntos externos, em seu gabinete para ouvi-lo sobre a visita que Marine Le Pen, então candidata à presidência da França, faria à Rússia.

Durante a entrevista, Slutsky inesperadamente mudou de assunto e perguntou se a jornalista não gostaria de deixar a BBC para trabalhar com ele. Quando Rustamova recusou a oferta, ele reclamou: “Você está tentando fugir de mim, você não quer me beijar, feriu meus sentimentos”.

A jornalista explicou que pretende se casar com seu namorado. O parlamentar retrucou: “Ótimo, você vai se casar com ele, e ser minha amante”.

Rustamova diz que o político então se aproximou dela e, em suas palavras, começou a “passar a palma da mão nas partes baixas do meu corpo”.

“Eu não entendi o que estava acontecendo”, diz ela. “Simplesmente fiquei sem palavras, resmungando alguns sons, fiquei sem reação. Falei algo sobre não voltar a vê-lo, que ele tinha passado a mão em mim”.

A julgar por sua resposta, que também foi gravada, o deputado não concordou com a descrição do que ocorreu. “Não passo a mão nas pessoas. Ok, só um pouco. ‘Passar a mão’ é uma expressão muito feia'”, disse ele.

A BBC questionou o deputado Leonid Slutsky sobre o que ocorreu no dia 24 de março de 2017, mas ele não respondeu às perguntas.

Farida Rustamova não é a primeira jornalista a acusar o deputado de conduta sexual imprópria nas últimas duas semanas. Leia mais na BBC.



O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber