Cotidiano

Astrônomos comemoram detecção de sinais das primeiras estrelas do universo

Da Redação ·
Astrônomos comemoram detecção de sinais das primeiras estrelas do universo​ - Ilustração: NR Fuller, National Science Foundation
Astrônomos comemoram detecção de sinais das primeiras estrelas do universo​ - Ilustração: NR Fuller, National Science Foundation

Astrônomos norte-americanos divulgaram que fizeram uma descoberta revolucionária ao detectar sinal das primeiras estrelas, quando os corpos celestes surgiram e iluminaram o universo.

continua após publicidade

Os sinais, segundo os cientistas, sugerem que o universo saiu da escuridão após o big bang e uma transição conhecida como o amanhecer cósmico.

O brilho das primeiras estrelas também parece conter evidências novas e inesperadas sobre a existência e a natureza da matéria escura que, se confirmada por observatórios, marcaria um segundo grande avanço.

continua após publicidade

"Essa descoberta abriu uma nova janela para estudar os primórdios do universo", afirmou Judd Bowman, da Universidade Estadual do Arizona, cuja equipe se propôs a fazer a detecção de taia sinais há mais de uma década. 

Após o big bang, o universo originalmente existia como uma expansão fria e sem estrelas de gás hidrogênio.

 Esta radiação ainda permeia todo o espaço hoje e os astrônomos estão começando a examinar este cenário cósmico para apurar eventos cósmicos que ocorreram em tempos remotos.

Com informações do The Guardian