Cotidiano

Polícia prende cuidadoras suspeitas de matar idosa de 93 anos asfixiada para roubar dinheiro

Da Redação ·
A polícia do Paraná prendeu cuidadoras suspeitas de matar idosa de 93 anos asfixiada para roubar dinheiro - Foto: Divulgação
A polícia do Paraná prendeu cuidadoras suspeitas de matar idosa de 93 anos asfixiada para roubar dinheiro - Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Paraná confirmou na quinta-feira (22) que prendeu duas mulheres suspeitas de matar uma idosa de 93 anos para roubar dinheiro da vítima, em Curitiba. 

continua após publicidade

O delegado Cássio Dias Conceição, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), disse que após o crime, consumado no dia 6 de setembro de 2017, as mulheres sacaram R$1,3 mil da conta bancária da idosa.

Ainda segundo o delegado, as mulheres entraram na casa de Dirneice Hoff Barbosa, onde uma delas trabalhava, e mataram a idosa usando um travesseiro e um pano com querosene. "Elas premeditaram um dia antes a morte [...] A cerca das 20h, quando a dona Dirneice deitou para repousar, as duas mataram a idosa", afirmou.

continua após publicidade

O delegado, uma das suspeitas acionou a polícia após o crime, informando que encontrou a vítima morta ao chegar no trabalho. Segundo ele, após prisão, as duas confessaram o crime.

 "Ela deixou claro que elas queriam matar para poder roubar. Então, constatou-se o fato de latrocínio. A pena pode ser de até 30 anos de reclusão", frisou  Conceição.

A polícia acrescentou que as duas mulheres não tinham antecedentes criminais. Uma delas foi presa em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, e a outra no bairro Novo Mundo, na capital paranaense. Atualmente duas estavam trabalhavam como cuidadoras de crianças.

Com informações da Polícia Civil