Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Polícia dá dicas de segurança na volta às aulas

.

Foto: Sérgio Rodrigo/Tribuna do Norte
Foto: Sérgio Rodrigo/Tribuna do Norte

Cerca de um milhão de alunos da rede estadual de ensino voltam às aulas no Paraná na próxima segunda-feira (19). Incluindo as escolas públicas municipais, federais e particulares são mais 1,4 milhão.Impacto no trânsito e também na segurança que requer cuidado e atenção. Por isso, tanto a Polícia Militar como a Polícia Civil do Paraná dão dicas aos estudantes e pais para um retorno mais tranquilo na largada do ano letivo de 2018.Com a retomada do calendário escolar aumenta significativamente o número de carros e pessoas nas ruas da cidade, onde a atenção de pedestres e motoristas deve ser redobrada a fim de evitar acidentes, principalmente em horários de pico, que corresponde ao início e término de período das aulas de segunda a sexta-feira.

“Neste começo das aulas atuaremos em conjunto com o Detran e a Setran fazendo uma grande campanha nas escolas, orientando os pais e alunos. Também focaremos nos alunos que ficam mexendo no celular e não prestam atenção ao atravessar as vias e ao embarcar e desembarcar dos veículos”, explicou o Comandante do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), tenente-coronel Valterlei Mattos de Souza.

A polícia reforça que os pais devem tomar alguns cuidados especiais, principalmente na hora de levar e buscar as crianças na escola. Sempre que for deixar a aluno é importante que ele desça com o veículo parado e do lado da calçada, para que a descida seja com segurança. Além disso, é importante usar a cadeirinha, o assento elevado e o cinto de segurança, respeitando o equipamento para cada idade.

“Nesta época é preciso ter uma atenção maior em virtude do fluxo de pessoas que aumenta. Por isso, orientamos para que os condutores saiam antes de casa e façam seu percurso com tranquilidade. Ao passar nas proximidades de escola também pedimos aos motoristas que reduzam a velocidade e fiquem atentos, pois muitas crianças estarão circulando naquela região”, acrescentou o comandante.

O delegado titular da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), Mateus Layola recomenda atenção dos pais e alunos antes de sair de casa. “Observar se não há ninguém suspeito nas proximidades, pois os criminosos aproveitam o momento de distração para comer os roubos. Importante também não mexer em bolsas ou carteiras para entrega de dinheiro para as crianças. Seja no trânsito ou na proximidade da escola”, disse. 

No caso de usar o transporte público, a dica é manter carteira e mochilas na frente do corpo. Em todo o momento, cuidado com os pertences, especialmente os celulares, que são muito visados.Responsável pela Delegacia de Crimes contra a Economia e Proteção do Consumidor (Delcon), o delegado Wallace de Oliveira Brito alerta para os cuidados com o transporte escolar particular. 

“Pela praticidade, muitos pais optam por esse tipo transporte para a locomoção dos seus filhos até a escola. Contudo, é importante verificar o alvará de circulação, condições de conservação e segurança do veículo, pedir referências e orientar as crianças para prestarem atenção à conduta do motorista no trânsito. Além disso, é imprescindível ler com cuidado cada item do contrato e das condições de pagamento”, orientou.

Orientações:
– Crianças não devem carregar celulares sozinhas de forma aparente para não atrair a ação de criminosos. Também não devem usar o aparelho ao atravessar a rua e descer de veículos;
– Não atravessar a rua na frente ou atrás do ônibus, esperar a saída do veículo para que ter visão completa da via;
– Respeitar as regras do trânsito;– Não parar em fila dupla ou sobre as faixas de pedestres;
– As crianças devem descer do veículo pelo lado da calçada;
– Até dez anos, as crianças devem ir no banco de trás e com cinto de segurança. As menores devem ser transportadas na cadeirinha de segurança ou assento de elevação adequados à idade.
– Atenção dos pais antes de sair de casa. Observar se não há ninguém suspeito nas proximidades, pois os criminosos aproveitam o momento de distração para praticar os assaltos;
– Evitar mexer em bolsas ou carteiras para entrega de dinheiro para as crianças. Seja no trânsito ou na proximidade da escola;
– Caso a criança vá sozinha a pé para a escola, deve optar por andar em grupo;
– Dentro do coletivo, manter a bolsa, carteira e mochilas na frente do seu corpo. Em ônibus com poucos passageiros, procure viajar próximo ao motorista ou cobrador. Evitar ficar sozinho em pontos de ônibus isolados.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber