Facebook Img Logo
Mais lidas
Cotidiano

Filho mais velho de Fidel Castro comete suicídio

.

Fidelito, o filho mais velho de Fidel Castro, se matou aos 68 anos após enfrentar um quadro de depressão - AFP/Arquivos
Fidelito, o filho mais velho de Fidel Castro, se matou aos 68 anos após enfrentar um quadro de depressão - AFP/Arquivos

idel Castro Díaz-Balart, o “Fidelito”, filho mais velho do falecido presidente cubano Fidel Castro, se matou na quinta-feira aos 68 anos, depois de sofrer um estado depressivo, um fato que comoveu o país, onde era muito conhecido, apesar de nunca ter ocupado cargos políticos.

“O doutor em Ciências Fidel Castro Díaz-Balart, que vinha sendo atendido por um grupo de médicos há vários meses por um estado depressivo profundo, atentou contra sua vida na manhã de hoje, primeiro de fevereiro”, comunicou o jornal oficial Granma.

Muitos lembram dele ainda menino, vestido com o uniforme verde oliva, quando entrou em Havana ao lado de seu pai em 8 de janeiro de 1959 como parte da Caravana da Vitória, que levou Fidel do leste ao oeste da ilha.

Nascido em 1 de setembro de 1949, formado em Física na ex-União Soviética, “Fidelito” ocupou o cargo de Secretário Executivo da Comissão de Assuntos Nucleares de 1983 até 1992.

Em seu primeiro casamento, com Olga Smirnov, teve dois filhos: Fidel Antonio, de 37 anos, doutor em Ciências e Tecnologia nuclear, e Mirta María, de 34, doutora em Matemática.

As informações são da Isto É




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber