Facebook Img Logo
Mais lidas
Cotidiano

Conheça as principais causas de acidentes nas rodovias em 2017

.

A Polícia Rodoviária Federal registrou 89.318 acidentes nas BRs em 2017, o que representa uma redução de 7,5% em relação a 2016. Entre as principais causas presumíveis de acidentes no país estão a falta de atenção à condução, velocidade incompatível e a ingestão de álcool. 

Causas presumíveis são aquelas que o policial determina, após observar os vestígios, indícios e provas colhidas no local do acidente, além do depoimento de testemunhas e envolvidos. Após análise, o PRF registra a possível causa do sinistro. 

A principal determinante, com 39% de todos os acidentes, foi a falta de atenção à condução. É o comportamento desatento do condutor em razão de fatores distrativos que o levem a percepção retardada do perigo, tais como: falar ao celular, manusear equipamentos, conversar com passageiros, não observar os retrovisores, errar percurso, realizar manobras inadequadas, manuseio errôneo do veículo, entre outras. 

Em segundo lugar, a velocidade incompatível, como possível causa de 12% dos acidentes. Velocidade incompatível não é apenas transitar acima da velocidade regulamentada para a via. Mas também, mesmo quando dentro dos limites permitidos por Lei, esteja em desacordo com as condições meteorológicas, do local, do trafego e do próprio veículo. 

Na sequencia, empatados com 7% das causas presumíveis, estão a ingestão de álcool e não guardar distância de segurança. Vale lembrar que a PRF intensificou a fiscalização de alcoolemia: 2.182.842 testes de etilômetro realizados e 5.994 pessoas detidas por consumo de álcool ao volante em 2017. Ainda aparecem nas estatísticas a desobediência à sinalização e ultrapassagem indevida, que normalmente gera colisão frontal, sendo este o tipo de acidente com maior resultado morte. 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber