Cotidiano

Médico é condenado a 175 anos de prisão por abuso de ginastas

Da Redação ·
Médico é condenado a 175 anos de prisão por abuso de ginastas - Foto: JULIA NAGY/AP
Médico é condenado a 175 anos de prisão por abuso de ginastas - Foto: JULIA NAGY/AP

Após uma semana de julgamento e depoimentos prestados por mais de 150 ginastas, o ex-médico da Federação de Ginástica dos Estados Unidos (USA Gymnastics) Larry Nassar conheceu na quarta-feira (24/1) sua sentença. Ele foi condenado a 175 anos de prisão por abusar sexualmente de atletas no estado de Michigan.

continua após publicidade

O julgamento teve como foco sete dos seus crimes cometidos em Michigan, todos de abuso, mas a juíza Rosemarie Aquilina permitiu que todas as ginastas abusadas por Nassar comparecessem para prestar depoimento. 

O resultado foram longas e comoventes audiências, que tomaram conta do noticiário dos Estados Unidos até esta quarta.

continua após publicidade

Pagar por seus crimes
Desde o começo do processo, a juíza Aquilina manifestou disposição de fazer Nassar pagar por seus crimes. E nesta quarta-feira ela disse ter ficado satisfeita com a condenação. “Você não fez nada para merecer sair da prisão novamente. Eu acabei de assinar sua pena de morte”, disse a magistrada.

As informações são do portal britânico The Guardian