Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Polícia suspeita que crianças mortas em ritual satânico eram argentinas

.

Pedaços dos corpos das crianças estavam em caixas e sacos azuis - Foto: Divulgação
Pedaços dos corpos das crianças estavam em caixas e sacos azuis - Foto: Divulgação

A Polícia Civil suspeita que as crianças mortas e esquartejadas em Novo Hamburgo (RS) durante um suposto ritual satânico para atrair prosperidade eram argentinas. A informação foi divulgada pela Polícia Civil gaúcha nesta semana. Três pessoas suspeitas de envolvimento no caso foram presas. Uma delas é líder de templo satânico em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Os pedaços dos corpos das duas vítimas, que seriam irmãs, foram encontrados em um terreno baldio, dentro de caixas e sacos azuis, mas as cabeças não foram localizadas . Até o momento, os DNAs da menina, que teria 11/12 anos, e do menino, aparentando 7/8 anos, não foram identificados em bancos de dados do Brasil. Entre o trio que foi preso, há um argentino – o que reforça a suspeita de que as vítimas sejam estrangeiras.

O líder do grupo satanista se descreve como “mestre e bruxo”. O preso também seria referência em magia negra no Brasil e na América Latina.

Circo de horrores
As investigações também revelaram detalhes chocantes. Partes dos corpos das duas crianças teriam sido comidos pelos participantes do ritual satânico e eles ainda teriam bebido sangue dos dois pequenos irmãos sacrificados, que teriam sido decapitados vivos.

Com informações do portal gaz.com.br

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber