Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Carnaval de SP já começa a esquentar com ensaios

.

SÃO PAULO, SP E RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O ano de 2018 mal começou e o Carnaval pede passagem. Apesar de a festa acontecer oficialmente entre os dias 9 e 13 de fevereiro, ensaios das escolas de samba, festas e desfiles de blocos de rua já começam a agitar os foliões mais animados.

O calendário oficial da folia ainda não foi divulgado pela gestão João Doria (PSDB), mas algumas prefeituras regionais já informaram a programação em suas áreas, como Butantã e Pirituba. Blocos tradicionais também apontam as datas de seus desfiles e eventos de preparação, os famosos esquentas.

A badalada Vila Madalena (zona oeste), que chegou a ser ameaçada de perder a festa por Doria, ainda deve receber a batucada.

O plano do prefeito era levar os tradicionais blocos de rua que circulam por ali para a avenida 23 de Maio, que liga o centro à zona sul da cidade. Após críticas, no entanto, a administração chegou a um consenso com representantes de blocos, garantindo que o modelo descentralizado será mantido.

O Carnaval paulistano, porém, não será só na rua. Os ensaios técnicos das 34 agremiações de São Paulo começaram nesta sexta (5), com a Camisa Verde e Branco. Todas as escolas dos grupos Especial, de Acesso e de Acesso 2 farão seus últimos ajustes no Sambódromo do Anhembi (zona norte) até 2 de fevereiro.

Ao todo, serão 17 dias de testes já no local da apresentação. As pessoas que quiserem vê-los não precisam pagar a entrada, restrita ao portão 29, na avenida Olavo Fontoura, 1.209, em Santana -ele é aberto sempre uma hora antes da primeira apresentação.

Neste sábado (6), a partir das 19h, quem passa pela avenida são as escolas Brinco da Marquesa, Unidos de Vila Maria, Rosas de Ouro, Império de Casa Verde e X-9 Paulistana.

A Liga das Escolas de Samba de São Paulo divulgou nota informando que a Acadêmicos do Tucuruvi vai desfilar normalmente após o incêndio que destruiu 90% de suas fantasias e adereços, na madrugada desta quinta (4).

A agremiação, no entanto, ficará isenta de julgamento, o que garante sua permanência no Grupo Especial. A decisão foi tomada durante reunião com os presidentes das 14 escolas do grupo de elite.

CARNAVAL CARIOCA

No Rio, ocorre neste domingo (7) a abertura do Carnaval de rua não oficial. Sem autorização da prefeitura, a festa acontece desde 2009, sempre no primeiro domingo após o Réveillon.

Cerca de 20 blocos irão tocar no centro da cidade, na região da Praça 15, Lapa e Zona Portuária. Blocos famosos entre o público dividirão espaço com cortejos ainda jovens no Carnaval carioca.

A primeira apresentação começa às 11h, e a última está marcada para as 18h. Quem encerra a folia é o já consagrado Boi Tolo, um dos maiores blocos informais do Rio, que reúne milhares de pessoas em desfiles que chegam a durar 12 horas.

O único que tem autorização e vai participar neste domingo é o Orquestra Voadora, que fará um ensaio às 14h na praça Marechal Âncora.

O evento é organizado pela chamada Desliga dos Blocos, grupo que faz oposição ao modelo de Carnaval de rua elaborado na primeira gestão do ex-prefeito Eduardo Paes (PMDB), a partir de 2009.

"A abertura não oficial começou como um ato político contra o modelo estabelecido pela prefeitura. Com o tempo, virou tradição", diz o advogado Edu Pereira, 41, um dos fundadores do Boi Tolo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber