Mais lidas
Cotidiano

EUA suspendem ajuda para segurança no Paquistão após ameaça de Trump

.

ESTELITA HASS CARAZZAI

WASHINGTON, EUA (FOLHAPRESS) - Num sinal de frustração com as políticas antiterrorismo do país, os Estados Unidos resolveram suspender a ajuda financeira para esforços de segurança do Paquistão, nesta quinta (4).

Segundo um memorando interno obtido pelo jornal "The New York Times", as transferências foram "congeladas" e não há intenção de retomá-las nesse momento.

O Departamento de Estado americano não deu estimativas sobre o valor que será bloqueado, mas informou que a soma é "significativa". É a segunda represália anunciada contra o Paquistão nesta semana: antes, os EUA já haviam anunciado a retenção de outros US$ 255 milhões em ajuda pela embaixadora americana na ONU, Nikki Haley, que afirmou que o país faz um "jogo duplo".

A porta-voz da diplomacia americana, Heather Nauert, disse que a retenção inclui o montante anunciado por Haley, mas não divulgou qual será a quantia total.

As relações dos EUA com o Paquistão estão abaladas: no último ano, o presidente Donald Trump criticou a falta de empenho do país em combater redes terroristas que estariam atuando em seu território.

"Não podemos mais nos calar sobre os locais seguros que o Paquistão garante para as organizações terroristas, os talebans e outros grupos que representam uma ameaça", declarou Trump, em agosto.

Três dias atrás, pelas redes sociais, Trump chegou a afirmar que o Paquistão fez os presidentes americanos "de tolos" e retribuiu apenas com "mentiras e enganações" a ajuda humanitária e financeira de US$ 33 bilhões que o país concedeu nos últimos 15 anos. "Eles dão abrigo aos terroristas que caçamos no Afeganistão, e nos ajudam pouco. Não mais!", escreveu.

Os comentários geraram protestos em Islamabad, e fizeram com que o governo paquistanês convocasse o embaixador americano no país, David Hale, para prestar esclarecimentos.

O novo anúncio desta quinta (4) tende a acirrar as relações entre os dois países.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber