Mais lidas
Cotidiano

Feriado de Ano-Novo termina com 67 mortos nas estradas federais, diz PRF

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O feriado prolongado de Ano-Novo terminou com 67 mortos e 1.008 feridos em 987 acidentes nas rodovias federais do país, segundo balanço da Polícia Rodoviária Federal.

Os números foram contabilizados entre 29 de dezembro de 2017 e 1º de janeiro, período em que a PRF montou operação especial para monitorar as vias.

Dos 987 acidentes, 183 foram considerados graves -essa classificação é dada aos casos que deixam ao menos uma morte ou um ferido em situação grave.

Em comparação com o feriado de Ano-Novo do ano passado, os dados apontam queda tanto no número de mortos como no de acidentes. Na virada de 2016 para 2017 foram registrados 1.081 acidentes, com 87 mortos e 1.130 feridos.

A fiscalização nas estradas federais também flagrou 36.724 casos de excesso de velocidade, 3.208 motoristas realizando ultrapassagens irregulares nas vias e 565 autos de infração contra condutores dirigindo alcoolizados -uma média de um motorista embriagado para cada 42 testes realizados com bafômetros.

Os policiais rodoviários também encontraram 1.646 motoristas trafegando as estradas sem cinto de segurança. Foram multados outros 257 motociclistas sem capacetes e mais 308 motoristas com crianças sem cadeirinha (dispositivo de segurança).

A operação "Rodovida" é realizada desde 2011 nas estradas federais do país e é coordenada pela Casa Civil e PRF, com apoio dos ministérios das Cidades, Saúde e dos Transportes.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber