Mais lidas
Cotidiano

PRF registra 122 acidentes com 102 feridos e 2 mortes no PR

.

PRF flagrou 40 crianças sem cadeirinha durante a operação. Foto: Tribuna do Norte
PRF flagrou 40 crianças sem cadeirinha durante a operação. Foto: Tribuna do Norte

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 122 acidentes durante o feriado prolongado nas rodovias federais que cortam o Paraná. O balanço reúne dados obtidos durante a Operação 'Rodovida', realizada de 29 de dezembro a 1º de janeiro. 

Conforme relatório divulgado pela PRF, duas pessoas morreram e 102 ficaram feridas. Durante a operação também foram flagrados 54 motoristas bêbados, 40 crianças sem cadeirinha, 82 condutores e 114 passageiros sem cinto de segurança.

Durante a fiscalização o radar da corporação registrou 4.682 imagens. Foram flagrados 312 ultrapassagens proibidas e recolhidos 236 veículos por diferentes irregularidades. Também foram apreendidos 253 quilos de maconha, 1 pistola e 50 munições.  

Nacional
A PRF registrou 36.724 flagrantes de excesso de velocidade em rodovias federais de todo o Brasil. Durante os quatro dias da Operação Rodovida etapa Ano Novo, a PRF focou sua fiscalização no combate a condutas como: ultrapassagens irregulares, excesso de velocidade e direção após o consumo de álcool. 

Neste mesmo período a PRF registrou 3.208 motoristas realizando ultrapassagens irregulares nas rodovias federais. As ações de fiscalização do órgão também focaram a alcoolemia ao volante – durante os quatro dias foram 565 autos de infração para motoristas que dirigiram após ingerir bebida alcoólica, um flagrante de condutor embriagado a cada 42 testes com etilômetro (bafômetro) realizados pela PRF.  

Outros 1.646 motoristas foram flagrados sem cinto de segurança. Durante as fiscalizações, a PRF também emitiu 257 autos de infração para motociclistas sem capacete e 308 motoristas foram flagrados trafegando com crianças sem o dispositivo de segurança (cadeirinha). 

Mesmo com ações de educação para o trânsito, nas quais policiais rodoviários federais alertam os motoristas sobre condutas que podem resultar em acidentes, o órgão contabilizou 987 acidentes em rodovias federais. Destes, 183 foram acidentes graves (quando resultam em, pelo menos, um óbito ou um ferido gravemente). Esses acidentes resultaram em 1.008 feridos e 67 mortos. 

Comparativos - Como em 2016 o feriado de Ano novo se deu em um domingo, a PRF não recomenda a realização de comparações simples com o ano anterior. Na ocasião, durante o período de quatro dias (30 de dezembro de 2016 a 02 de janeiro de 2017) foram registrados pela PRF 1.081 acidentes, com 1.130 pessoas feridas e 87 mortes. 

Natal 2017 - Durante os quatro dias da etapa de Feriado de Natal da Operação Rodovida (22 a 25 de dezembro de 2017) a PRF registrou 1.352 acidentes, 252 acidentes graves, 1.320 feridos e 79 mortos em decorrência de acidentes de trânsito em rodovias federais. 
(link para balanço Natal 2017 - https://goo.gl/8qLPfQ

Esforço de fiscalização – Durante os quatro dias da etapa Ano Novo da Operação Rodovida, a PRF fiscalizou 36.665 pessoas e 35.670 veículos em todo o Brasil. Os policiais rodoviários federais também realizaram 23.606 testes com etilômetro (bafômetro). As ações de educação para o trânsito alcançaram 12.366 motoristas. 

Rodovida - Criada em 2011, a Operação Rodovida é uma ação do governo federal, coordenada pela Casa Civil e capitaneada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Polícia Rodoviária Federal. Conta com ações dos ministérios das Cidades, da Saúde e dos Transportes. 

Acontecendo em período de maior fluxo rodoviário (comemorações de final de ano, férias escolares de janeiro e Carnaval), época em que milhões de brasileiros pegam a estrada, com aumento de fluxo de veículos em praticamente todas as regiões do Brasil, a Operação Rodovida priorizará ações integradas e simultâneas, envolvendo diversas agências de fiscalização, com atuação coordenada e sistêmica, dentro dos respectivos eixos de competência, com o intuito de somar forças no enfrentamento à violência no trânsito e na redução dos custos sociais decorrentes. 

Em paralelo às ações de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal e instituições de segurança pública, os ministérios da Justiça, das Cidades, dos Transportes e da Saúde promoverão companhas publicitárias de conscientização em todo o Brasil. A operação seguirá até 18 de fevereiro e abrangerá o período das férias escolares, festas de Natal, Ano Novo e Carnaval, feriados marcados pelo aumento no fluxo de veículos e de passageiros.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber