Cotidiano

Kim Jong-un ordenou o lançamento de um novo míssil balístico em 2018

Da Redação ·
Foto KCNA - Sputnik
Foto KCNA - Sputnik

Se a informação for confirmada, as repercussões podem tornar a já tensa situação na península coreana ainda mais volátil.

continua após publicidade
Teste de míssil norte-coreano Hwasong-12 (foto de arquivo)

Os preparativos para o lançamento de mais um míssil balístico estão em curso na Coreia do Norte, informou o japonês Asahi Shimbun.

O jornal citou um desertor familiarizado com o programa de desenvolvimento de mísseis de Pyongyang. Segundo ele, durante uma reunião de altos funcionários da Coreia do Norte em 11 de dezembro, o líder do país, Kim Jong-un, alegadamente ordenou o lançamento do novo míssil balístico intercontinental em 9 de setembro 2018.

continua após publicidade

A data marca o 70º aniversário da fundação da Coreia do Norte por Kim Il-sung, avô do atual líder do país.

O novo míssil, de acordo com Asahi Shimbun será uma versão maior do míssil Unha-3, de 30 metros, que por sua vez é uma versão atualizada do míssil balístico Taepodong-2.

O desertor afirmou que a Coreia do Norte planeja lançar um satélite para verificar se o míssil Unha-4 será capaz de voltar a entrar na atmosfera.

continua após publicidade
Manobras de artilharia em grande escala em homenagem do 85 ͦ aniversário do Exército Popular da Coreia do Norte

Entretanto, fontes de inteligência disseram que não havia sinais específicos de que Pyongyang esteja preparando um novo lançamento de mísseis balísticos.

No final de novembro, a Coreia do Norte lançou o míssil balístico Hwasong-15, com alcance de mais de 13 mil quilômetros. O secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, disse que o míssil estabeleceu um novo recorde de altitude alcançado por um projetil norte-coreano.

Fonte - Agência  de Notícias Sputnik