Cotidiano

Moça que matou namorado gravando vídeo para YouTube é condenada a prisão

Da Redação ·
Rapaz acabou morto a tiro pela namorada durante brincadeira com arma de fogo - Foto: Reprodução/Twitter
Rapaz acabou morto a tiro pela namorada durante brincadeira com arma de fogo - Foto: Reprodução/Twitter

A norte-americana Monalisa Perez, de 19 anos, declarou-se culpada pelo assassinato de seu namorado Pedro Ruiz, de 22 anos. Agora a moça, que tem dois filhos, passará seis meses na prisão e nos próximos dez anos ficará em liberdade condicional supervisionada.

continua após publicidade

A brincadeira fatal aconteceu quando o casal gravava "um dos vídeos mais perigosos da história" para depois postá-lo no YouTube. 

Os blogueiros norte-americanos decidiram provar se um livro, segurado à altura do peito, impediria a passagem de um projétil de arma de fogo. Segundo Monalisa, quem teve a ideias foi seu namorado, que acabou se tornando vítima.

continua após publicidade

Grosso calibre
O tiro partiu de uma pistola Desert Eagle de grosso calibre a uma distância de cerca de 50 centímetros. A bala atravessou o livro, atingiu o peito do rapaz e ele teve morte imediata.  

Pais adolescentes
O casal iniciou atividade em um canal no YouTube em maio de 2017 com o objetivo de mostrar "a vida real de um jovem casal que são pais adolescentes".

As informações são do jornal britânico Daily Mail