Mais lidas
Cotidiano

Corpo de Bombeiros eleva número de vistorias empresariais

.

O número de vistorias feitas pelo 7º Grupamento do Corpo de Bombeiros em Curitiba cresceu 16% em 2017. Até esta sexta-feira (08), o grupamento contabilizou 21.779 vistorias. “Dobramos o número de atendimentos dessa natureza quando comparados com o ano de 2014”, afirma o comandante do grupamento, tenente-coronel Ricardo Silva.

Para dar mais agilidade aos atendimentos, os Bombeiros têm realizado mutirões para reduzir ao máximo o tempo de espera para as vistorias e a análise de projetos de prevenção contra o incêndio e o pânico em toda a área de abrangência do grupamento. 31 bairros da zona norte cidade de Curitiba e 14 Municípios da Região Metropolitana foram atendidos.

“Neste período de mutirão, bem como em outros, colocamos os caminhões Auto Bomba Tanque e Resgates (ABTRs) na rua para ajudar as outras equipes a fazerem vistorias; se há um chamado de incêndio, por exemplo, eles param as vistorias e voltam para o trabalho natural. Com isso conseguimos agilizar as vistorias e análises”, explica.

Segundo o tenente-coronel o serviço contribui com o crescimento empresarial. “Registramos um aumento substancial no número de vistorias e análises de planos de segurança, permitindo, dessa forma, o crescimento do número de empresas formais e geração de empregos em nossa região.”

SOLICITAÇÃO - Para solicitar a vistoria, tanto para abertura quanto para renovação, o usuário deve acessar o site www.bombeiros.pr.gov.br e clicar “PrevFogo”. Lá, devem ser preenchidos os dados pessoais do solicitante e do local a ser vistoriado. O Corpo de Bombeiros, com intuito de facilitar o processo, possibilita a dispensa do procedimento antes da liberação. Para usufruir desse benefício, o empreendimento deve ter 200 m2 (máximo), exercer atividade econômica de baixo risco e não possuir liberação especial, como por exemplo, reunião de público.

A vistoria periódica é uma adequação de medidas de segurança para os estabelecimentos, incluindo ainda a implementação de dispositivos de prevenção a incêndio e pânico. É feita quando um imóvel é construído e recebe o laudo de aprovação de que a edificação está de acordo com as normas e pode receber o “habite-se”. A vistoria também é feita quando uma empresa pretende ocupar um imóvel para atividades econômicas e, para tanto, necessita da vistoria para obter a certificação do alvará de funcionamento. Para mais informações sobre o procedimento, o usuário pode acessar http://www.bombeiros.pr.gov.br.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber