Mais lidas
Cotidiano

Putin visita base russa na Síria e anuncia saída de tropas do país

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou nesta segunda-feira (11) que as tropas russas comecem a se retirar da Síria, afirmando que após uma campanha militar de dois anos, Moscou e Damasco concluíram a missão de destruir a facção terrorista Estado Islâmico.

Putin fez o anúncio durante uma visita surpresa à base aérea e naval da Rússia em Tartus, na província de Latakia, no litoral da Síria, onde ele se encontrou com o ditador sírio, Bashar al-Assad, e falou com militares russos.

"A tarefa de combater bandidos armados aqui na Síria, uma tarefa que foi essencial resolver com o uso do largo uso de força armada, foi em grande parte resolvida e de forma espetacular", disse o presidente russo a militares na base. "Eu parabenizo vocês!"

Segundo o líder russo, mesmo com a retirada das tropas Moscou irá manter a base aérea e naval em Tartus.

A Rússia lançou os primeiros bombardeios aéreos na Síria em setembro de 2015, em uma intervenção que foi decisiva para a vitória do regime de Assad na guerra civil que estourou no início de 2011, em meio aos protestos da Primavera Árabe.

Tendo em vista sua crescente influência no Oriente Médio, Moscou assinou recentemente um acordo de cooperação com o Egito que permite usar bases militares no país do norte da África.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber