Mais lidas
Cotidiano

Integrante de quadrilha que utilizou menino para roubo em Moema é preso

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um dos integrantes do grupo que roubou um apartamento em Moema (zona sul de São Paulo) na última sexta-feira (1º) foi preso nesta quarta (6) pela Polícia Civil.

Marcelo Gomes de Oliveira, de 21 anos, teria dado cobertura para o roubo –ele era motorista da quadrilha. Segundo a SSP (Segurança Pública de São Paulo), outros três integrantes do grupo foram identificados e já são procurados pelo 96º DP. Eles são investigados pela participação em outros furtos e roubos em apartamentos da capital.

No roubo em Moema, um ladrão usou um menor de idade para entrar no apartamento. Segundo o boletim de ocorrência e o relato da vítima, a faxineira que estava no apartamento, a dupla disse na portaria que o garoto era enteado de um morador. Imagens das câmeras de segurança do prédio registraram a cena.

De acordo com os relatos, os dois foram recebidos pela faxineira, a quem o ladrão então pediu um copo de água. Ao se dirigir até a cozinha, ela teria sido surpreendida pelo assaltante, que apontou uma arma de fogo para a cabeça dela e a rendeu. Ele queria saber onde ficava o cofre.

No BO, a faxineira afirmou que não contou onde ficava o cofre, e foi amarrada, com cadarços de tênis, e trancada dentro de um quarto. O ladrão teria descoberto onde o cofre estava -parafusado em um armário. Ele levou o cofre (cujo conteúdo não foi divulgado), três relógios de ouro (um Patek Philippe e dois Rolex), US$ 1.000 e 500 libras esterlinas.

A polícia diz que o ladrão tinha um comparsa que estaria do lado de fora do prédio e com quem conversava pelo telefone celular.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber