Mais lidas
Cotidiano

Produtoras londrinenses vão participar de Seminário do Audiovisual em Curitiba

.

Os projetos de três produtoras londrinenses foram selecionados para participar das rodadas de negócios que serão realizadas durante o Seminário Mercado Audiovisual, nos dias 7 e 8 de dezembro, na sede do Sebrae/PR, em Curitiba. O evento, que tem a parceria da Brasil Audiovisual Independente (BRAVI), entidade do setor que congrega produtoras independentes, contará com a participação de grandes players do eixo Rio-São Paulo.

O consultor do Sebrae/PR, Rubens Negrão, destaca a importância da participação das empresas de Londrina. “O seminário colocará essas produtoras na vitrine para a indústria audiovisual e mostrará que a cidade e região possuem capacidade de produzir conteúdos de qualidade”, afirma. Segundo ele, o evento promove o setor e gera oportunidades de negócios para as empresas participantes. Além das rodadas, algumas vão estar também na sessão depitching.

O proprietário da empresa Vertigo e membro do Núcleo de Audiovisual da Associação Comercial e Industrial de Londrina (Acil), Luciano Pascoal, participará do evento pela primeira vez. “Tivemos dois projetos selecionados. Vamos participar de seis rodadas de negócios e dopitching”, conta. Segundo ele, os projetos da empresa, que é especializada em vídeos institucionais, corporativos e documentários, despertaram o interesse de produtoras e canais a cabo.

Para o dono da Kinopus, Guilherme Peraro, que produz curtas, longas e séries para cinema e televisão, a participação em eventos como esse é válida não apenas para fechar bons negócios, mas para fazer contatos. A empresa londrinense vai apresentar três longas-metragens nas rodadas e um longa infantil na sessão de pitching. Veterano nesse tipo de evento, Peraro diz que o seminário coloca produtoras e canais de TV ou distribuidoras em contato para eventuais parcerias. “Mesmo que a gente não consiga fechar negócios, conheceremos o que os canais estão buscando para eventuais projetos futuros”, afirma.

Um dos sócios-fundadores da startup Real XD Studio, Luiz Antonio Monteiro Junior, que atua no desenvolvimento de games e jogos analógicos empresariais e para entretenimento, também estará pela primeira vez no seminário. A equipe da startup vai participar das rodadas de negócios com um projeto de uma animação. “É uma série para TV com 13 episódios em 3D. E já tem um canal interessado”, adianta. Para Monteiro, a expectativa é sair do evento com o contrato assinado.

Mais de 200 produtoras confirmaram presença no seminário e 85 projetos foram inscritos para as rodadas de negócios, que ocorrerão durante os dois dias de evento. Os três eixos principais do encontro serão focados em mercado, políticas de fomento regional e regulamentação, produção regional e co-produções. O seminário é aberto ao público do setor. 

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber