Mais lidas
Cotidiano

Doria refuta comparação com gestão Haddad

.

GUILHERME SETO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Diante da alta de seu índice de reprovação apontada pelo Datafolha, o prefeito João Doria (PSDB) refutou a comparação com seu antecessor, Fernando Haddad (PT).

Segundo a pesquisa, 39% dos moradores de São Paulo consideram a gestão péssima ou ruim -mesmo índice de desaprovação de Haddad ao final de seu primeiro ano, em 2013. Mas o tucano recusou a comparação com o petista.

"O mesmo Datafolha reproduz que temos 60% de aprovação. Entre regular, bom e ótimo, temos 60%. É sempre bom respeitar a opinião pública, mas é muito bom olhar o horizonte também (...) Não é igual [ao Haddad]. Se você olhar a aprovação, nossa aprovação é mais que o dobro da aprovação do Haddad. Mas não tem problema [o índice de reprovação ser igual], isso faz parte, temos que respeitar a opinião pública", disse Doria.

A conta do tucano, porém, foi imprecisa. Na pesquisa Datafolha após um ano de gestão Haddad, 18% dos moradores classificaram o mandato petista como bom ou ótimo. No caso de Doria, são 29%.

O tucano também disse que irá trabalhar mais e ter mais foco na zeladoria.

"Temos que melhorar a zeladoria urbana, temos que melhorar a Operação Tapa Buraco, como temos feito, e começamos agora o programa Asfalto Novo, depois de muita dificuldade de recurso. Também conseguimos a ata do Tribunal de Contas do Município para o programa de recuperação dos semáforos. Tudo isso são respostas positivas para o clamor da população, que reproduz um pouco esse sentimento. Trabalhar, trabalhar e trabalhar, é o que nós temos que fazer", disse o prefeito nesta terça (5) em Heliópolis, onde inaugurou 240 unidades habitacionais ao lado de Geraldo Alckmin (PSDB).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber