Mais lidas
Cotidiano

Funcionária pública é mantida refém desde a manhã desta segunda-feira

.

De acordo com a PM, suspeito com tornozeleira eletrônica fez exigências para liberar mulher - Foto: Rádio Pioneira FM
De acordo com a PM, suspeito com tornozeleira eletrônica fez exigências para liberar mulher - Foto: Rádio Pioneira FM

Uma funcionária pública é mantida refém desde as 9 horas desta segunda-feira (4), em Pinhão, região central do Paraná. Segundo a Polícia Militar (PM), um homem com tornozeleira eletrônica e armado com uma faca invadiu o prédio do Centro de Referência de Assistência Social. Ele exige dinheiro para libertar a vítima e fugir. 

Informações preliminares dão conta que ele teria rendido outras duas mulheres, mas a informação não foi confirmada pela polícia. Testemunhas informaram que o suspeito tem 35 anos, cumpre pena por homicídio e que já foi atendido pelo Cras.

Viaturas do Pelotão de Polícia de Choque estão no local ajudando nas negociações junto ao Batalhão de Operações Policiais Especiais (B.O.) de Curitiba.

Até a publicação desta reportagem, a mulher não havia sido libertada. 

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber