Mais lidas
Cotidiano

Após acusações, Geoffrey Rush deixa Academia de Cinema da Austrália

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ator de "Piratas do Caribe" e vencedor do Oscar por sua performance em "Shine", Geoffrey Rush pediu demissão da Academia de Cinema da Austrália no último sábado (2). Ele é acusado de "conduta imprópria".

Rush, um dos atores mais notórios de seu país, foi presidente por vários anos da academia.

O intérprete de 66 anos teria praticado "condutas impróprias" enquanto trabalhava na Companhia de Teatro de Sydney.

Não há detalhes mais específicos sobre o que ele teria feito nem sobre quem é a vítima que o acusa, mas a imprensa australiana indicou que as queixas se referem ao período em que Rush estava em cartaz com "Rei Lear", entre 2015 e 2016.

O ator nega as acusações.

"Desde o momento em que soube dos rumores de denúncia, falei imediatamente com a direção da Companhia de Teatro de Sydney pedindo um esclarecimento dos detalhes do comunicado. Eles se negaram a me dar detalhes", disse, em comunicado divulgado pela rede ABC.

Rush é um premiado ator. Além do Oscar, já ganhou os prêmios Emmy (voltado à TV) e Tony (do teatro).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber