Mais lidas
Cotidiano

Após negociações, Maduro convida rivais para reunião

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um dia após a primeira rodada de negociações entre o regime e a oposição, o ditador venezuelano, Nicolás Maduro, convidou neste domingo (3) seus detratores para uma reunião nesta semana no Palácio de Miraflores.

Em seu programa na TV estatal, o mandatário disse que a intenção é discutir os seis pontos aprovados na primeira reunião na República Dominicana e os avanços para o próximo encontro, no dia 15. "Acho que vai ajudar muito a avançar. Começou o diálogo formal e é uma boa notícia para o mundo e a Venezuela", disse.

A comissão opositora é chefiada pelo presidente da Assembleia Nacional, Julio Borges, alvo preferencial do chavista desde o início das manifestações contra o regime e cuja prisão foi pedida pelo ditador diversas vezes.

Borges não comentou sobre o convite. Na noite de sábado, afirmou que a negociação "não exclui outros caminhos de luta para democratizar o país" e que, nos próximos dias, fará contatos com outros setores da sociedade venezuelana.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber