Mais lidas
Cotidiano

Boca de urna indica reeleição de presidente de Honduras

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pesquisa de boca de urna de uma rede privada de TV no domingo (26) indicava vitória do atual presidente de Honduras Juan Orlando Hernandez, para um segundo mandato.

Hernandez, alinhado aos Estados Unidos, apoiou um golpe de Estado oito anos atrás para derrubar o então presidente Manuel Zelaya, que queria tentar a reeleição.

A pesquisa da rede Televicentro mostrava Hernandez vencendo com 43,93% dos votos, e Salvador Nasralla, que lidera a coalizão Aliança da oposição contra a ditadura, com 34,7%. Hernandez não precisa de maioria absoluta dos votos para vencer.

A oposição rejeitou os resultados da boca de urna, afirmando que as pesquisas encomendadas por eles davam a Nasralla 45% dos votos, diante de 34% para Hernandez.

A previsão era de que o tribunal eleitoral hondurenho divulgaria a primeira contagem oficial de votos ainda na noite de domingo.

Hernandez, 49, do Partido Nacional, de centro-direita, reduziu a taxa de homicídios do país, ainda altíssima; acelerou o crescimento da economia e reduziu o deficit desde que assumiu a presidência em 2014. Ele foi autorizado a concorrer à reeleição graças a uma decisão da suprema Corte em 2015 que reverteu um veto constitucional à reeleição.

Críticos advertem que Hernandez, aliado dos EUA no combate ao tráfico de drogas e à migração, está ampliando seu poder com uma Suprema Corte submissa.

"Quero dizer a todos os hondurenhos que estamos construindo uma democracia," disse Hernandez no domingo, em uma entrevista em Tegucigalpa.

Opositores afirmam que a campanha por um segundo mandato é ilegal e que não aceitarão os resultados do tribunal "cooptado" por Hernandez. Eles pretendem fazer sua própria contagem de votos.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber