Facebook Img Logo
Mais lidas
Cotidiano

Cadeirante cobra Doria e diz que ele "finge" acessibilidade

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma cadeirante fez cobrança ao prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), durante a entrega das obras de revitalização do viaduto Santa Ifigênia, no centro, na manhã desta terça-feira (21).

Segundo ela, a capital paulista não oferece condições de acessibilidade, e Doria "fingiria" uma situação contrária. As imagens do episódio foram veiculadas pelo "SP 1", da Rede Globo.

Ao cumprimentar Elizabete Nascimento, Doria perguntou se estava tudo bem, e ela deu a seguinte resposta: "Não. Sabe por quê? Porque é linda a escada, maravilhosa, só não tem acessibilidade para o cadeirante. É muito bom o senhor sentar numa cadeira de rodas num lugar que é plano e fingir que tem acessibilidade, mas aqui não tem. Para chegar aqui foi muito complicado, eu quase fui atropelada", disse a mulher.

Em fevereiro deste ano, o prefeito percorreu cem metros em uma cadeira de rodas para testar a acessibilidade de uma calçada durante um mutirão na zona norte.

Em nota nesta terça, a prefeitura informou que o viaduto foi reformado por meio de doação e que toda a via é tombada, inclusive a escadaria.

Além disso, afirmou que tem "compromisso com a acessibilidade" e que uma das medidas nesse sentido é o projeto de requalificação de calçadões do centro, anunciado para o ano que vem.

"Os pisos deverão ser feitos em placas de concreto, a fim de evitar ondulações e buracos. A previsão é que as obras aconteçam em três etapas e ocorram em parceria com a iniciativa privada."

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber