Mais lidas
Cotidiano

Suzana Alves diz que precisou renegar personagem Tiazinha

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Não foi fácil para a atriz Suzana Alves, 39, se desvincular da Tiazinha, personagem que fez sucesso no extinto "Programa H", apresentado na Band por Luciano Huck na década de 1990.

Por um ano, Suzana foi assistente de palco de Huck. Vestia um biquíni preto, usava uma máscara inspirada na Mulher Gato e não largava um chicote da mão. A fama repentina, entretanto, obrigou ela a mudar de vida.

"Tive que mudar de casa, mudar de tudo. Por isso fiz pouco tempo [o programa], porque não aguentava mais a fama, o assédio. Não tinha vida e eu era muito nova, queria terminar a faculdade, estudar e não podia fazer mais nada", disse em entrevista a Luciana Gimenez no programa "Luciana By Night", da RedeTV!

Para a ex-assistente de palco, foi difícil abandonar a personagem. "Quando a gente trabalha com arte, aqui no Brasil, te rotulam muito. Se você é cantor, você tem que ser sempre cantor", afirma.

"Demorei para sair dela e na época me incomodou muito, hoje não mais. Durante um tempo, eu tive que renegar [a personagem]. É um processo como se você quisesse matar um lado seu que você não gosta. Foi muito difícil abandonar a Tiazinha. Você se apega, então parece algo cruel, mas não é", completa.

Atualmente, Suzana, que é casada com o ex-tenista Flávio Saretta, com que tem Benjamin, 1, estará na próxima novela da Record cujo título provisório é "Rosa Choque".

A íntegra da entrevista vai ao ar nesta terça (21), às 22h45, na RedeTV!.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber