Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

PRF capacita policiais no combate ao crime 

.

Policiais receberam treinamentos para aprimorar técnicas de combate aos crimes ambientais e fraudes veiculares. A capacitação ocorreu durante Operação Especializada

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou, entre os dias de 15 e 20 de novembro, uma Operação Especializada de enfrentamento aos crimes ambientais e fraudes veiculares no Amazonas. A operação Executada pela Superintendência Regional no estado com apoio da Coordenação-Geral de Operações do órgão, por meio do Comando de Operações Especializadas (COE). 

Com a presença de Policiais Rodoviários Federais de vários estados, especialistas nos temas, a operação contou com uma etapa de atualização teórica e outra de fiscalização supervisionada. Fraudes veiculares e documentais, transporte ilegal de produtos florestais, exploração mineral e crimes contra a fauna estiveram entre os temas abordados. 

Participaram das ações 20 policiais lotados no Amazonas, além de 12 especialistas convocados de outras regionais. Apesar do foco na capacitação para o trabalho cotidiano de enfrentamento à criminalidade, mesmo durante o treinamento, foram alcançados resultados importantes. Durante a operação 393 veículos foram fiscalizados e 11 pessoas detidas. 

A Seção de Policiamento e Fiscalização da PRF no Amazonas acredita que, a partir agora, as fiscalizações voltadas ao enfrentamento dos crimes ambientais e fraudes veiculares serão realizadas com maior frequência na Regional, contribuindo de forma significativa para a repressão das ações lesivas ao meio ambiente e dos crimes de furto, roubo e adulteração de veículos.

“A atualização continuada de nossos servidores é uma necessidade fundamental. O compromisso da PRF na defesa da sociedade será melhor exercido quanto melhor for o treinamento de nossos profissionais”, afirmou o Superintendente Regional da PRF no Amazonas, Paulo Ricardo do Nascimento de Oliveira.

Resultados – No dia 15, em Manaus, uma Toyota/Hilux cabine dupla, que circulava com placas falsas e diversos itens adulterados foi recuperada. Durante a fiscalização, os policiais rodoviários federais identificaram a fraude, constatando que se tratava de veículo roubado em 2013, no Ceará. O envolvido foi apresentado à Polícia Judiciária para apuração dos crimes de receptação e adulteração de sinal identificador do veículo. 

No dia 20, em Presidente Figueiredo, foram recuperadas duas motocicletas, marca Honda. Uma modelo Bros, com chassi e motor adulterados, acompanhada de documento falsificado e uma modelo Titan, sem utilizar placa, com ocorrência de roubo ocorrido em Manaus, no ano 2014.

Crimes contra a fauna – Também no dia 15, em Presidente Figueiredo, equipes realizaram uma prisão por transporte ilegal de animais e produtos da fauna silvestre nativa. Um veículo transportava um jabuti e três tracajás, além de 26 ovos de tracajá. A pena pelo crime é de seis a doze meses de detenção, com aumento de dois terços pelo crime ter sido praticado em período noturno e contra espécie ameaçada de extinção. O autor também sofrerá a aplicação de multas, no valor de R$ 500 pelo transporte de jabuti e de R$ 5 mil por cada ovo ou espécime de tracajá transportado. O tracajá figura na lista de espécies ameaçadas de extinção no Ministério do Meio Ambiente, na categoria “vulnerável”.

Exploração ilegal de minério e usurpação de bem da União – Fiscalizando o transporte de minérios, foram flagrados cinco casos de usurpação de bens da União, por meio da retirada e transporte de minérios sem as autorizações devidas do órgão ambiental e do Departamento Nacional de Produção Mineral. Foram detidas cinco pessoas envolvidas, apreendidos quatro veículos de carga, além de 46 m³ de areia e 24.000 Kg de Concentrado Estanho SnO2 (minério radioativo). As penas para os crimes acima, variam de um a cinco anos de detenção, além de multas que podem chegar a R$ 50 milhões.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber