Mais lidas
Cotidiano

Pai confessa que matou filha de quatro meses porque ela chorava demais

.

Pai alegou que matou a filha porque ela chorava demais. Foto: Reprodução/Facebook
Pai alegou que matou a filha porque ela chorava demais. Foto: Reprodução/Facebook

Um homem admitiu que matou a própria filha de quatro meses porque ela não parava de chorar. O caso revoltante aconteceu no último domingo (12), na Pensilvânia. 

Segundo a polícia, inicialmente o homem disse que o bebê havia caído da cama. Ele chegou a ligar para a emergência falando que a filha não estava mais respirando, porém uma autópsia apontou que a menina sofreu muitos ferimentos e que eles não foram causados apenas por uma queda. 

Após o laudo, o homem confessou o assassinato. Ele justificou que a bebê era escandalosa demais e que o deixou com muita raiva porque não parava de chorar. A polícia não detalhou como ele matou a filha. O homem acabou preso e vai responder por homicídio.  

 

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber