Mais lidas
Cotidiano

May nomeia jovem em ascensão para Defesa

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em meio a uma onda de escândalos sexuais envolvendo políticos britânicos, a primeira-ministra Theresa May nomeou nesta quinta-feira (2) Gavin Williamson, 41, como secretário de Defesa.

Williamson, que tem ganhado força dentro do Partido Conservador, substitui Michael Fallon, que deixou o cargo após ser acusado de ter colocado a mão no joelho de uma jornalista durante um jantar no congresso do partido em 2002. Em sua carta de renúncia, Fallon afirmou que "aceito que no passado estive abaixo dos altos padrões que requeremos das Forças Armadas que eu tenho a honra de representar".

Fallon, 65, foi eleito para seu primeiro mandato no Parlamento em 1983 e comandava o Ministério da Defesa desde 2014. Após ter perdido a maioria do Parlamento em julho, May teve que agir rápido para impedir que a crise se ampliasse e atingisse ainda mais os conservadores.

"Gavin Williamson foi um excelente líder e a primeira-ministra acha que ele será um excelente ministro da Defesa", disse um porta-voz de May. Ele negou que Williamson tenha pressionado por sua nomeação, alegando que o novo ministro não se envolveu nas negociações para a reorganização do governo.

Williamson subiu rapidamente as fileiras do Partido Conservador e se mostra leal a May, em especial após ter sido selecionado no ano passado como o principal líder do partido no Parlamento.

Analistas do setor, porém, se mostram preocupados com a falta de experiência do político na área de defesa.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber