Facebook Img Logo
Mais lidas
Cotidiano

Advogado afirma que é "dever dos homens" estuprar mulheres que usam jeans rasgados

.

Homens devem estuprar mulheres que vestem jeans rasgados como um
Homens devem estuprar mulheres que vestem jeans rasgados como um "dever nacional", conforme advogado egípcio - Foto: Reprodução/Daily Mail

Um advogado egípcio disse que é “dever nacional” dos homens estuprar mulheres que vestem jeans rasgados. Nabih al-Wahsh fez as declarações no programa de televisão Infrad Show , que foi ao ar em meados de outubro. Após seu discurso, entidades ativistas de todo o país se posicionaram e condenaram a fala dele, que já era conhecido por seus comentários sexistas.

Conforme o portal Al Arabiya , jornalistas e convidados do programa discutiam sobre as controvérsias de um projeto de lei sobre prostituição, quando Wahsh, um conservador assumido, fez seu discurso. Ele ainda completou dizendo que mulheres que mostram partes de seus corpos “convidam os homens” a assediá-las.

Como parte da reação de ativistas do Egito, Maya Mursi, diretora do Conselho Nacional da Mulher, condenou o homem pela declaração que viola a constituição do país. Mursi frisou ter ficado surpresa com a fala, já que Wahsh é um advogado e deveria defender os direitos dos cidadãos egípcios e sua liberdade.

Agora, o Conselho planeja encaminhar uma queixa sobre seu comportamento. Além disso, também será encaminhada, para o Conselho Supremo de Regulação da Mídia, uma denúncia contra o programa de televisão que veiculou as falas de Wahsh.

Um dos apelos dos ativistas, direcionado à mídia, foi para que figuras que incitam a violência de gênero não sejam convidadas para participar dos programas.

Outros casos
Além deste caso, recentemente, um religioso postou Ahmed Bin Saad Al Qarni no Twitter.
As declarações polêmicas e misóginas de Al Qarni não acabam por aí. Ainda na mesma rede social, o religioso se dedicou a atacar o uso de maquiagem e de perfumes por esposas. "Uma mulher que sai de sua casa usando maquiagem e perfume é uma adúltera. Uma boa mulher que usa um avental de cozinha nunca mais deixará sua casa", escreveu.

"Filha merecia ser estuprada"
O jornal Daily News Egypt divulgou ainda que Al-Wahsh defende seus comentários dizendo que "a sua filha também mereceria [ser estuprada], se decidisse vestir jeans rasgados na parte de trás". 
Para ele, trata-se de costumes orientais que ferem religiões divinas.

"Esse problema não é meu, mas [se elas] cortam as calças na parte de trás, não temos como protegê-las […] não passa de uma roupa aberta para que homens jovens as violem e façam sexo com elas", completou.

Com informações do tabloide britânico Daily Mail

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber