Mais lidas
Cotidiano

Cineclube homenageia Cine Bijou, polo de resistência durante a ditadura

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Para homenagear o clássico Cine Bijou e discutir temas relacionados aos direitos humanos, o cineasta argentino radicado no Brasil Roberto Fernández apresentou neste sábado (28) a primeira sessão do cineclube Bijou no Teatro Studio Heleny Guariba, na mesma praça Roosevelt onde funcionava o antigo cinema.

Tributo ao cinema paulistano homônimo -que funcionou de 1962 a 1996, exibia programação alternativa e foi considerado um dos polos de resistência artística na época da ditadura militar-, o Bijou vai exibir, até o fim do ano, oito filmes sobre jornalismo. As sessões semanais acontecem aos sábados, sempre às 15h.

"Penso que o Cine Bijou, que foi um local de resistência durante a ditadura, pode agora se tornar um espaço de resistência na democracia, principalmente por causa da situação atual do país", diz Fernández. "O objetivo do cineclube é criar um local de debate. Sempre conversaremos sobre os filmes depois das sessões."

O convidado para debater "Cidadão Kane" (1941), de Orson Welles, primeiro longa apresentado pelo cineclube, foi o diretor e produtor de cinema Francisco Ramalho Jr., que produziu "O Beijo da Mulher-Aranha" (1984), com o diretor Hector Babenco.

Fernández tem o aluguel da sala garantido até o dia 16 de dezembro, mas pretende retomar as sessões no começo de 2018. Se o projeto tiver boa recepção do público, planeja alugar a sala também aos domingos, talvez em dois horários.

Já foram realizadas outras iniciativas de resgatar o cinema no passado. Em 2011, um coletivo instituiu uma programação quinzenal também dentro do Teatro Studio Heleny Guariba.

O cineclube oferece duas opções ao público: o ingresso individual, a R$ 10, e a carteirinha de sócio, que permite assistir a todos os filmes até o fim do ano, por R$ 50.

Confira abaixo a programação do Cineclube Bijou:

4/11 - Terra em Transe, de Glauber Rocha

11/11 - Rede de Intrigas, de Sidney Lumet

18/11 - Capote, de Bennett Miller

25/11 - A Montanha dos Sete Abutres, de Billy Wilder

2/12 - O Quarto Poder, de Costa-Gavras

9/12 - Profissão: Repórter, de Michelangelo Antonioni

16/12 - O Preço de uma Verdade, de Billy Ray

Cineclube Bijou

QUANDO Sábado, às 15h

ONDE Teatro Studio Heleny Guariba - Praça Franklin Roosevelt, 184, tel. 3259-6940

QUANTO R$ 10 (avulso) ou R$ 50 (sócio)

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber