Mais lidas
Cotidiano

Brasil e 11 países pedem mediação da ONU à crise

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os governos do Brasil e de mais 11 países das Américas pediram nesta quinta-feira (26) que o secretário-geral da ONU, António Guterres, contribua na mediação da crise na Venezuela.

Em reunião em Toronto, no Canadá, o Grupo de Lima, de países que não reconhecem a Assembleia Constituinte, solicitam às Nações Unidas "que contribuam para acompanhar tal crise e as continuadas violações dos direitos humanos".

O grupo reiterou sua rejeição aos obstáculos impostos pelo regime de Nicolás Maduro na eleição regional e os pedidos de revisão do sistema eleitoral, entrada de ajuda humanitária e soltura de opositores presos.

Para os 12 países, "um acordo negociado entre ambas as partes, com acompanhamento internacional e cumprindo as condições prévias solicitadas pela oposição, é a única saída pacífica para a crise atual".

Além do Brasil, o grupo é integrado por Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Paraguai e Peru.

O encontro foi um pedido do governo canadense, que queria impor medidas mais duras contra o regime -o país já aplica sanções contra Maduro e 40 chavistas.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber