Mais lidas
Cotidiano

ATUALIZADA - Bush pai, 93, é acusado de 'apalpar traseiros' por duas mulheres

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Duas mulheres acusaram o ex-presidente americano George H. W. Bush, 93, de ter apalpado o traseiro delas durante sessões de fotos em 2014 e 2016, disse o jornal britânico "The Guardian" nesta quinta-feira (26).

A atriz Heather Lind afirmou que o ex-presidente apalpou seu traseiro em um evento de promoção da série "Turn: Washington Spies", do canal de TV americano AMC, em 2014.

A declaração foi feita em uma rede social depois que Lind viu uma foto de Bush cumprimentando Barack Obama em um evento. Depois, ela apagou a publicação.

"Quando tive a oportunidade de conhecer George H. W. Bush, há três anos, para promover um programa de TV no qual eu trabalhava, ele me assediou sexualmente enquanto eu posava para uma foto parecida", contou a atriz.

Depois da denúncia, uma segunda atriz veio a público com um relato similar. Jordana Grolnick disse que o ex-presidente apalpou seu traseiro quando ela posava em uma foto ao lado dele em 2016.

O porta-voz de Bush, Jim McGrath, pediu desculpas pelos casos e disse que "Bush jamais -em nenhuma circunstância- intencionalmente causaria sofrimento a alguém".

Segundo ele, o comportamento do ex-presidente era uma tentativa de diminuir o constrangimento causado por sua doença durante sessões de fotos. Com mal de Parkinson, Bush utiliza cadeira de rodas, o que faz com que "seu braço fique na altura da cintura das pessoas com quem ele tira fotos", disse.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber