Mais lidas
Cotidiano

Dentista é preso em flagrante por estelionato no Paraná

.

Um cirurgião de dentista, de 56 anos, suspeito de realizar compras de forma indevida, utilizando o nome de um outro profissional da cidade de Maringá, foi preso em flagrante pela equipe de investigação da Delegacia de Estelionato, no momento em que recebia os materiais em sua residência, no bairro Cajuru.

Segundo informações policiais, o suspeito havia trabalhado com a vítima há aproximadamente dez anos. Em razão disso, possuía toda a documentação e dados do profissional, bem como o número de seu registro emitido pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO) e se aproveitou disso para realizar compras de forma indevida. Conforme apurado, o homem estava agindo há cerca de 30 dias. 

O suspeito fez um cadastro em um site de uma empresa que comercializa materiais odontológicos e comprou uma série de produtos em nome de outro cirurgião de dentista. 

“Quando ele foi assinar o recibo de uma compra que havia efetuado, a empresa suspeitou, pois a fisionomia do homem era totalmente diferente do profissional cadastrado em seu sistema. Diante da suspeita informou a polícia, que prosseguiu com as investigações”, conta a delegada-adjunta da especializada, Vanessa Alice. 

De acordo com a delega, a equipe fez contato com o verdadeiro profissional, que informou desconhecer qualquer compra. “Entramos em contato com a empresa, fizemos um monitoramento e o flagramos no momento em que recebia uma outra parte dos materiais”, informa Vanessa. 

Na delegacia, o homem negou que realizou a compra de forma indevida. Entretanto, foi autuado em flagrante por estelionato. Se condenado, poderá pegar até cinco anos de prisão.O suspeito está preso no Setor de Carceragem Temporária (Secat) da Delegacia de Estelionato, onde aguarda à disposição da Justiça.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber