Mais lidas
Cotidiano

Adolescente baleada durante ataque em escola de Goiânia deixa UTI

.

Uma dos três estudantes feridos a tiros por um colega em uma escola particular de Goiânia que permaneciam internados recebeu alta na manhã desta segunda-feira (23) da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hugo (Hospital de Urgências de Goiânia). As informações são da Agência Brasil.

Aluna do 8º ano do ensino fundamental, Marcela Rocha Macedo completará 14 anos amanhã (24). A menina estava internada na UTI desde a tarde de sábado (21), quando passou por uma cirurgia após ter sido atingida pelos tiros disparados pelo estudante.

Segundo a assessoria do hospital público, o estado de saúde da adolescente é regular. Ela está consciente, respira sem ajuda de aparelhos e continuará recebendo tratamento em um leito na enfermaria do hospital.

Outra vítima do ataque que permanece internada no Hugo é Isadora de Morais, de 14 anos. A menina levou três tiros e teve os dois pulmões perfurados. Embora, inicialmente, seu estado tenha sido considerado gravíssimo, com os médicos temendo o comprometimento da coluna vertebral, a assessoria do hospital informou hoje que a condição da adolescente está melhorando e que ela já respira sem a ajuda de aparelhos, embora continue internada na UTI.

A terceira vítima, Lara Fleury Borges, está internada no Hospital de Acidentados Clínica Santa Isabel. Ela foi atingida por um tiro no punho. A pedido da família, o hospital não forneceu mais detalhes sobre seu estado.

Na manhã deste domingo (22), um dos sobreviventes do ataque ao Colégio Goyases, Hyago Marques, de 13 anos, recebeu alta e deixou o Hugo. O jovem já está em casa, onde se recupera do tiro que o atingiu nas costas.

Dois estudantes foram mortos: João Vitor Gomes e João Pedro Calembo, ambos de 13 anos.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber