Mais lidas
Cotidiano

Suspeito de matar a esposa na frente dos filhos continua foragido 

.

Condomínio onde família morava. Foto: reprodução/Banda B
Condomínio onde família morava. Foto: reprodução/Banda B

A Polícia Civil informou nesta segunda-feira (23) que aguarda a apresentação do autor de um feminicídio, ocorrido no último fim de semana, na Cidade Industrial de Curitiba. Cristiano Gonçalves Alves da Lara, 27 anos, matou a esposa Andressa Jaqueline Mendes da Silva, 23 anos. A suspeita é que o crime tenha sido motivado por ciúmes. 

Segundo a polícia, a jovem foi morta a facadas na frente dos filhos de 3 e 7 anos, dentro da casa onde a família morava. Após o crime, o autor fugiu do local e abandonou os filhos. As crianças conseguiram ajuda com os vizinhos, que chamaram a polícia. 

O delegado que investiga o caso ouviu a irmã da vítima. Conforme o depoimento, o casal estava junto há cerca de sete anos e as brigas eram constantes. Contudo, de acordo com a polícia não há nenhuma ocorrência de violência registrada na delegacia. 

Agora a polícia investiga a motivação e se o assassinato foi planejado ou uma ação violenta decorrente da briga. 

O crime
O Corpo de Bombeiros foi acionado no último sábado para atender a ocorrência em um condomínio na região da Augusta. Conforme as equipes, o apartamento estava bastante revirado, o que indica que o casal estava brigando ou ainda que houve luta corporal. 

Segundo a polícia, embora as crianças tenham pedido ajuda na casa de vizinhos, há indícios de que ambos viram o crime. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso, no entanto, por ser autoria supostamente conhecida, o caso pode ser encaminhado ao Distrito Policial da região.

(Com informações da Banda B)

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber