Mais lidas
Cotidiano

'Receita da felicidade' indicada por Albert Einstein será vendida amanhã em Jerusalém

.

Albert Einstein tinha uma receita para a felicidade - Foto: pixabay
Albert Einstein tinha uma receita para a felicidade - Foto: pixabay

Albert Einstein tinha uma receita para a felicidade. Em 1922, o renomado físico entregou duas anotações a um mensageiro no Hotel Imperial de Tóquio,  em vez de gorjeta, destacando que as mesmas poderiam ser "muito mais valiosas do que uma gorjeta comum".

Na terça-feira (24), a casa de leilões Winner's em Jerusalém, venderá as anotações escritas 95 anos atrás por Albert Einstein, onde o cientista descreve brevemente sua teoria sobre a felicidade, conforme o jornal britânico The Daily Mail.

Não se sabe com exatidão se o entregador se recusou a receber a gorjeta, de acordo com as tradições nipônicas, ou se o físico não dispunha desta para agradecê-lo.

Foto de 19 de setembro de 2017 mostra anotações escritas
por Albert Einstein em 1922 - Foto: Menahem Kahana - AFP

Independente desse detalhe, para não deixar o mensageiro de mãos vazias, o cientista lhe entregou dois papéis escritos à mão em alemão. 

"Talvez, caso tenha sorte, essas anotações serão muito mais valiosas do que uma gorjeta comum", afirmou Einstein ao mensageiro.

Vida tranquila e muita vontade
A nota afirma que "uma vida tranquila e modesta atrai mais alegria que a busca do sucesso ligada a tensões constantes". Na outra anotação Einstein frisa que "onde há vontade, há um caminho".



×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber