Mais lidas
Cotidiano

Visitando locais onde o nudismo é liberado, casal belga percorre o mundo

.

Nick e Lins - clique em praia da Grécia - Foto: Reprodução/Instagram/nakedwanderings
Nick e Lins - clique em praia da Grécia - Foto: Reprodução/Instagram/nakedwanderings

O casal belga Nick e Lins encontrou uma forma totalmente peculiar de percorrer o planeta.  "Atualmente, viajando pelo mundo da forma mais pelada possível." Essa é a descrição de uma conta no Instagram chamada "Naked Wanderings" (Andanças Peladas), criada pelo casal.

Nick e Lins, com idade por volta de 30 anos,decidiram viajar pelo mundo para mostrar como o nudismo é encarado em vários países. A meta é viajar pela Europa, Ásia, Oceania e as Américas. Além do Instagram, as experiências são  relatadas em um blog.

Nick e Lins durante aula de pilates na Grécia
Foto: Reprodução/Instagram/nakedwanderings

"Nosso principal objetivo é tirar o naturismo das sombras e fazer da nudez menos sexualizada e mais aceita, e mostrar para as pessoas que é, na verdade, uma coisa divertida e que não devemos ter vergonha do corpo humano", detalharam os dois ao portal britânico "Metro".

De acordo com os dois, uma das ideia é mostrar que a prática não é só para "velhos hippies ou pervertidos". Outro detalhe inspirador foi a falta de locais onde o naturismo é permitido na Bélgica.

Casal belga naturista passou  ainda por Montenegro
Foto: Reprodução/Instagram/nakedwanderings


Há sete anos se conheceram
Há cerca de sete anos, os dois conheceram o naturismo ao visitar um acampamento em Luxemburgo. "Estava barulhento, lotado de pessoas e não era exatamente o que estávamos procurando. Percebemos que havia um trecho dedicado ao naturismo nos fundos do acampamento, que estava calmo e pacífico, e decidimos dar uma chance. Desde então, fomos conquistados", acrescentaram ao "Metro".

Nick e Lins, completamente livres 
Foto: Reprodução/Instagram/nakedwanderings

O início
Em julho de 2017 o casal decidiu viajar pelo mundo. Os dois já passaram até agora pela Croácia, Montenegro e Grécia, e a viagem não tem data para acabar.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber