Mais lidas
Cotidiano

Vereador paranaense acusa médico de intimidá-lo com facão

.

O caso ocorreu na noite de segunda-feira (25) em uma lanchonete, no centro da cidade. Foto: Reprodução/Catve
O caso ocorreu na noite de segunda-feira (25) em uma lanchonete, no centro da cidade. Foto: Reprodução/Catve

Uma confusão deu o que falar na cidade de Cascavel, oeste do Paraná. Um vereador do município registrou um boletim de ocorrência contra um médico da cidade, afirmando que o mesmo o ameaçou com um facão em mãos. O caso ocorreu na noite de segunda-feira (25) em uma lanchonete, no centro da cidade.

Vereador Ronaldo Pohl. Foto: Reprodução/Catve

"Quando eu acenei com a cabeça ele já começou a me ofender, me chamando de vagabundo e sem vergonha dizendo que eu não precisava cumprimenta-lo", disse o vereador Ronaldo Pohl ao site Catve. Ele alega que o médico saiu da lanchonete correu até seu carro e buscou um facão. “Ele partiu para cima de mim e da minha família e graças a Deus a polícia estava passando na frente naquele momento."

O médico Wesley Stantowintz negou estar armado no momento da discussão e disse que foi ameaçado por pessoas que acompanhavam o vereador. “O vereador estava bastante alterado dizendo que eu estava armando, mas eu não estava.” 

Quanto ao facão, o médico afirma não ser dele. “Foi encontrado um facão perto do meu veículo mas não era meu, provavelmente era de um caminhoneiro que estava estacionado na minha frente, não sei de quem é a arma.”

Médico Wesley Stantowintz . Foto: Reprodução/Catve

Ronaldo afirmou que o motivo da discussão foi uma denúncia feita por ele há alguns meses contra o médico. A acusação era de que o médico deixava o hospital logo após registrar o cartão ponto. Na época uma sindicância administrativa foi aberta pela prefeitura para apurar os fatos.


×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber