Mais lidas
Cotidiano

Sede de jornal é leiloada para pagamento de dívidas trabalhistas

.

Sede da Folha do Estado vai a leilão para pagamento de dívidas trabalhistas - Foto: Folha do Estado
Sede da Folha do Estado vai a leilão para pagamento de dívidas trabalhistas - Foto: Folha do Estado

O Tribunal Regional do Trabalho realiza nesta quinta-feira (21) leilão presencial de bens penhorados em processos das varas do trabalho de Cuiabá e do interior do Estado do Mato Grosso (MT). Os bens totalizam aproximadamente R$ 25 milhões. O valor arrecadado pagará trabalhadores que tiveram seus direitos reconhecidos. Dentre os destaques está a sede do jornal Folha do Estado, em Cuiabá, que tenta há anos se desfazer do bem para pagamentos de seus ex-repórteres.

Conforme o portal Olhar Direto, serão leiloados 49 imóveis, entre terrenos, casas, apartamentos, fazendas e salas comerciais. Um apartamento no Edifício Maison Renoir, na Capital, que contém living/jantar com varanda, dois quatros, uma suíte master, despensa, cozinha, área de serviço e quarto de empregada com banheiro está avaliado em R$ 1,1 milhão, e tem lance mínimo de R$ 880 mil.

A sede do jornal Folha do Estado, em Cuiabá, também irá novamente a leilão. O lance inicial para o imóvel é de R$ 4,3 milhões. O imóvel tem  3.708m², está situado no bairro Alvorada e é avaliado em R$ 11 milhões. A área do jornal é composta por gráfica, rádio e sede administrativa. 

O valor recebido no leilão será destinado ao pagamento de questões trabalhistas presentes em ações contra a Folha do Estado. Os bens podem ser arrematados pela melhor oferta, desde que não seja muito abaixo do valor da avaliação (preço vil). O pagamento poderá ser efetuado de forma parcelada.

O imóvel mais valioso é uma fazenda em Tangará da Serra, de 605 hectares, avaliada em R$ 7,3 milhões, podendo ser arrematado a partir de R$ 4,4 milhões. O leilão traz ainda 16 veículos, com preços que variam entre R$ 3,3 mil e R$ 40 mil.

A lista de bens é composta também por tijolos, diversas máquinas, vassoura mecânica, eletroeletrônicos, mobílias, lotes de madeira e areia. Para participar do leilão presencial é necessário comparecer ao local do evento n quinta-feira portando documento de identificação pessoal.

Os lances podem ser feitos também pela internet, acessando o site do leiloeiro e realizando o cadastro. O leilão presencial é realizado das 8h30 às 14h30, no 6º do Prédio Administrativo do TRT/MT.

O leilão regional é parte dos esforços da Justiça do Trabalho mato-grossense na Semana Nacional da Execução Trabalhista, realizada em todo o país no período de 18 a 22 de setembro.   

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber