Cotidiano

Iddeplan prepara mudanças no trânsito de Apucarana

Da Redação ·
Rua Coronel Luiz José dos Santos, ponto crítico no trânsito do centro, terá tráfego em mão única | Foto: Delair Garcia
Rua Coronel Luiz José dos Santos, ponto crítico no trânsito do centro, terá tráfego em mão única | Foto: Delair Garcia

A Prefeitura de Apucarana planeja mudanças no trânsito da cidade para os próximos meses. O foco é melhorar a fluidez do trânsito em alguns pontos específicos, que são alvo de críticas por parte dos motoristas há algum tempo. As alterações, que compreendem a passagem de vias de mão dupla para mão única e inversão dos sentidos de algumas ruas, devem ter início ainda neste mês.

continua após publicidade

De acordo com o superintendente de Serviços Públicos de Apucarana, Silnei Bolonheze, as mudanças já estavam sendo estudadas há vários meses. 

“O prefeito Beto Preto solicitou para que nós pudéssemos buscar melhorias para o fluxo de veículos nos pontos em questão. Ele próprio também auxiliou na elaboração de alternativas que visassem mais segurança e fluidez no trânsito desses pontos. Acredito que as mudanças são muito benéficas e farão muito bem para a cidade”, ressalta.

continua após publicidade

Segundo ele, o planejamento foi feito através de três projetos, chamados de ‘Projeto Barra Funda’, ‘Projeto Bandeirantes’ e ‘Projeto 28’. O Projeto Barra Funda é o mais extenso e compreende cinco ruas na região da Barra Funda, que somadas representam mais de 2,3 quilômetros. 

“A ideia ali é implementar o sistema binário de ruas, com uma via seguindo em mão única por um sentido e a rua paralela seguindo no sentido contrário”, diz.A mudança tem início na Rua Geremias Lunardeli, que passará a receber veículos apenas no sentido norte-sul. Paralela a ela, a Rua Dr. José Domingues Alexandre passa a ter fluxo apenas no sentido sul-norte. Esta dualidade segue até a Rua Nicolau Kowalski, última do bairro. Cruzando todas elas está a Rua Tamandaré, que possui hoje apenas uma quadra em mão única. Com a mudança, esta via passa a ter o sistema de mão única em toda a sua extensão.

BANDEIRANTES
Já o Projeto Bandeirantes abrange, além da Rua Bandeirantes, também a Rua Professor Erasto Gaertner. A Rua Bandeirantes terá alteração em apenas três quadras, que perfazem um total de 350 metros, entre as ruas Osório Ribas de Paula e Guarapuava. Elas, que hoje funcionam em mão dupla, passarão a ser mão única.Já a Rua Professor Erasto Gaertner terá seu sentido alterado em alguns pontos. Antes trafegando no sentido oeste-leste, o trecho de 310 metros que passa pelo Cemitério da Saudade e pelo Colégio Estadual Nilo Cairo passará a ser no sentido leste-oeste, da Rua Dr. Osvaldo Cruz até a Rua Profª Talita Bresolin.

continua após publicidade

Mudanças abrangem o bairro ‘28’O Projeto 28, que compreende ruas do bairro 28 de Janeiro, é o único em que alguns detalhes ainda precisam ser confirmados. Portanto, o projeto ainda pode sofrer algumas alterações. 

“Pelo menos 90% deste projeto está pronto. Os detalhes que faltam devem ser ajustados nos próximos dias. Os materiais de sinalização já foram pedidos e as alterações devem começar ainda neste mês. Vamos fazer as alterações aos poucos e devemos finalizá-las em 90 dias”, diz Silnei.

No estágio atual do projeto, as alterações no bairro abrangem aproximadamente 1,3 quilômetro de ruas. Alvo de protestos de motoristas e moradores por conta da pouca largura da via, a Rua Coronel Luiz José dos Santos se tornará mão única, no sentido bairro-centro.O trecho da Rua Renê Camargo de Azambuja, entre a Avenida Doutor Munhoz da Rocha e a Rua Desembargador Clotário Portugal, se tornará mão única, no sentido bairro-centro. Outro trecho da mesma via, que fica entre a Praça 28 de Janeiro e a Rua Coronel Luiz José dos Santos, terá sentido alterado, se tornando centro-bairro.Também no sentido centro-bairro ficará a Rua Professor João Cândido Ferreira. A mudança se dará a partir do calçadão, dando sequência na Rua Benjamin Braga Filho, que também terá o mesmo sentido.