Mais lidas
Cotidiano

Stephen Hawking alerta: faltam 100 anos para a humanidade enfrentar seu maior desafio

.

Stephen Hawking voltou a afirmar que é imprescindível desenvolver tecnologias que possibilitem a colonização de um planeta habitável - IMAGEM ILUSTRATIVA  ARQUIVO - AFP - Foto: Niklaz Halle'n - AFP 2017
Stephen Hawking voltou a afirmar que é imprescindível desenvolver tecnologias que possibilitem a colonização de um planeta habitável - IMAGEM ILUSTRATIVA ARQUIVO - AFP - Foto: Niklaz Halle'n - AFP 2017

O astrofísico britânico Stephen Hawking voltou a afirmar no documentário "The Search for a New Earth" que é imprescindível desenvolver tecnologias que possibilitem a colonização de um planeta habitável com a maior urgência possível e sugere um 'novo lar' para a humanidade, além de eleger o planeta Próxima B como o mais indicado.

De acordo com Hawking, há várias ameaças para a humanidade que podem provocar à extinção da nossa espécie. O cientista reitera que as alterações climáticas e a superpopulação são os dois principais fatores de risco para a sobrevivência da humanidade.

Por isso, o astrofísico frisa que devemos abandonar a Terra e colonizar outros planetas nos próximos 100 anos. Ao mesmo tempo, Hawking vislumbra esperança ao dizer que podemos sobreviver se colonizarmos planetas habitáveis, e recomendou que devemos nos mudar para o Próxima B.

Similar à Terra
Próxima B é um planeta do sistema solar de Alfa Centauro, (a estrela mais próxima do nosso Sistema Solar), tem condições semelhantes às da Terra e foi descoberto em 2016. Fica a uma distância de 4,2 anos-luz da Terra.

120.000 anos
Os foguetes de hoje levam cerca de 120.000 anos a alcançar o planeta, por isso é necessário acelerar o desenvolvimento das tecnologias. "Devemos estar preparados dentro de 100 anos. A colonização do Próxima B será o maior desafio já conhecido para a nossa espécie", concluiu.

Com informações do "The Search for a New Earth"




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber