Mais lidas
Cotidiano

Suspeitos de integrar quadrilha especializada em furtos são presos no PR

.

Cinco homens, com idade entre 22 e 37 anos, suspeitos de integrar uma associação criminosa especializada em furtos e roubos a residências, foram presos durante uma operação realizada pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) da Capital. 

As prisões aconteceram nos bairros Sítio Cercado, Pinheirinho e Ganchinho. Diversos objetos provenientes dos crimes, entre eletrônicos e eletrodomésticos, bem como um revólver de calibre 38 e munições de calibres variados foram apreendidos na ação.Durante a operação, a equipe também cumpriu 11 mandados de busca e apreensão em diversas residências de pessoas que, supostamente, estavam envolvidas com as práticas criminosas dos suspeitos. 

Os mandados foram cumpridos nos mesmos bairros em que aconteceram as prisões. Quatro dos cinco suspeitos foram presos em flagrante no dia 5 de setembro, momentos após terem invadido dois apartamentos, situados no bairro Mercês. Os homens foram encontrados no bairro Sítio Cercado, em posse de televisores, notebooks, videogames, câmeras fotográficas, fornos elétricos, entre outros eletrodomésticos. 


Já o quinto suspeito, identificado como Ronaldo Ferreira, 37 anos, foi preso na manhã do dia 6 de setembro, em cumprimento a um mandado de prisão por associação criminosa e receptação.Segundo informações policiais, o grupo teria cometido, ao menos, dez furtos em menos de 30 dias, em diversas regiões da Capital. 

“Os suspeitos passaram a ser investigados em decorrência de um roubo ocorrido no mês de março, o qual um dos suspeitos foi reconhecido pelas vítimas”, informa o delegado-titular da especializada, Matheus Laiola, acrescentando que, a partir daí chegaram até a identidade dos demais presos nas ações.


APREENSÕES
A maior parte dos objetos foram encontrados na residência de um dos suspeitos, um homem de 27 anos, onde foram recuperados 14 televisores, de diversos tamanhos e marcas, e apreendido o revólver e munições. 

Os demais produtos foram localizados no apartamento de um rapaz de de 25 anos, o qual confirmou à equipe que os objetos tratavam-se produtos provenientes de furto. Laiola ressalta que todos os presos na ação já contam com passagens policiais, a maioria por receptação e roubo. Os suspeitos responderão por furto qualificado, roubo agravado, associação criminosa e posse ilegal de arma de fogo. Todos estão presos no Setor de Carceragem Temporária (Secat) da DFR, onde aguarda à disposição da Justiça.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber