Cotidiano

Policial mata vizinho após discussão no whatsapp por causa de cuspe na janela

Da Redação ·
Briga começou em um grupo do condomínio no whatsapp. Foto: Reprodução
Briga começou em um grupo do condomínio no whatsapp. Foto: Reprodução

Uma discussão entre vizinhos em um grupo de WhatsApp terminou em morte, neste feriado (7), no Distrito Federal. De acordo com a Polícia Civil, o autor de homicídio é um policial militar reformado que atirou duas vezes contra a Adilson Silva, 36 anos que morava no andar de cima de um prédio. 

continua após publicidade

A briga começou após o policial José Costa se irritar com uma mancha branca na janela do seu apartamento. Ele fotografou e postou a imagem no grupo do condomínio acusando o vizinho de cima de ter cuspido pasta de dente na janela. 

"Ô sem noção, que mora no 1803-A quando escovar seus dentes, vê se não cospe a meleca na casa dos outros, eu moro aqui no 1703-A e vir essa sujeira que cospiram lá de cima [sic]."

continua após publicidade

Em resposta, Adilson Silva enviou uma sequência de mensagens e áudios.
"Meu amigo, tu tá ficando maluco, falando merda. Primeiro, olhe essa merda para depois falar. Me respeite, que educação eu tenho. Não vou escovar porra de dente em varanda. Olha sua porra direito, não fale merda que você não sabe", diziam as mensagens de WhatsApp.

Costa foi até o apartamento do vizinho e os dois partiram para agressão, segundo testemunhas. Momento em que o policial sacou a arma e atirou. Ele fugiu do local e até a publicação desta reportagem, não havia sido localizado. A Polícia Civil ouviu outros dois moradores do prédio e a mulher da vítima, que presenciou o homicídio, ainda na quinta-feira.