Cotidiano

Polícia prende casal suspeito de envolvimento na morte de radialista

Da Redação ·
 Casal afirmou à polícia que não tinham intenção de cometer o crime - Foto: Catve.com
Casal afirmou à polícia que não tinham intenção de cometer o crime - Foto: Catve.com

Um casal suspeito de autoria do assassinato do radialista Reinaldo Pereira, conhecido como Reinaldo Maravilha, confessou o crime, ocorrido na noite de 27 de agosto, no bairro Lago Azul, em Cascavel, região Oeste do Paraná, e disse que o tiro disparado foi acidental. O homem acrescentou ainda que a intenção não era matar a vítima.

continua após publicidade

Durante entrevista, o jovem de 23 anos pediu desculpas à esposa de Reinaldo. Ele explicou que participou do velório porque conhecia a vítima. Os dois foram presos pelo GDE. A mulher é funcionaria do Hospital Universitário.

A polícia informou que denúncias anônimas auxiliaram na investigação. A jovem foi a primeira a ser detida. Ela confessou o crime e apontou onde o outro suspeito estava. Um terceiro envolvido ainda é investigado pela polícia.

continua após publicidade
Polícia prende casal suspeito de envolvimento na morte de radialista fonte: Reprodução

Reinaldo Maravilha morreu após ser baleado - Foto: Reprodução

O assassinato
Reinaldo foi vítima de latrocínio no dia 27 de agosto em uma mercearia no bairro Lago Azul. Muito querido por vizinhos, o crime chocou a população do bairro.

Maravilha havia completado 30 anos de união com a esposa no sábado que antecedeu a morte.

As informações são do portal  Catve.com