Mais lidas
Cotidiano

Universidades estaduais conquistam nota máxima no Enade 2016

.

O resultado da avaliação, que analisou o desempenho de cerca de 195 mil estudantes concluintes, dos cursos de 197 instituições de ensino superior no Brasil, foi divulgado na última sexta-feira (1º). Foto: Assessoria
O resultado da avaliação, que analisou o desempenho de cerca de 195 mil estudantes concluintes, dos cursos de 197 instituições de ensino superior no Brasil, foi divulgado na última sexta-feira (1º). Foto: Assessoria

Nove cursos de universidades estaduais do Paraná avaliados no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), de 2016, conquistaram a nota 5, máxima na avaliação. Outros 35 cursos receberam a nota 4 e 11 a nota 3. O resultado da avaliação, que analisou o desempenho de cerca de 195 mil estudantes concluintes, dos cursos de 197 instituições de ensino superior no Brasil, foi divulgado na última sexta-feira (1º) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

As universidades estaduais que tiveram cursos com nota máxima são a de Maringá (UEM), com Biomedicina e Odontologia; a de Londrina (UEL), com o curso de Agronomia; de Ponta Grossa (UEPG), com Agronomia, Odontologia e Farmácia; do Oeste do Paraná (Unioeste), com Fisioterapia; e a do Centro-Oeste (Unicentro), com os cursos de Enfermagem e Agronomia.

“Os índices do Enade comprovam os resultados do importante trabalho desenvolvido em nossas universidades na busca incessante pela qualidade do ensino superior”, afirmou o secretário (em exercício) da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Décio Sperandio. “Também são reflexo da atenção dada pelo Governo do Estado, que coloca o ensino superior como prioridade de seus investimentos, garantindo as condições necessárias para mantermos os índices de qualidade da educação superior ofertada à população paranaense”, disse ele.

Notas
O curso de Agronomia da UEPG teve a segunda maior nota entre os 253 cursos avaliados no Brasil e a maior nota entre as instituições públicas. Dos 206 cursos de Odontologia avaliados, o da UEPG ficou em 5º lugar geral e em primeiro entre as públicas. O curso de Odontologia da UEM é o 8º melhor avaliado no Brasil e o 4º entre as públicas. Entre os 177 cursos de Medicina avaliados, o da UEM ficou em 4º lugar geral.

O coordenador de Ensino Superior da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mário Athayde Júnior, destacou o excelente desempenho das universidades estaduais se comparado aos resultados nacionais, mesmo com o aumento de cursos avaliados. “Em termos nacionais, apenas 1,2% dos cursos avaliados alcançaram nota 5 e 26,5% obtiveram nota 4. Nas universidades mantidas pelo Governo do Paraná, os índices são de 15,51% e 60,34%”, disse ele.

Maior
Este foi o maior Enade já realizado, tanto em número de cursos quanto de participantes. No ano de 2016 foram avaliadas 18 áreas de enquadramento: Agronomia; Biomedicina; Educação Física; Enfermagem; Farmácia; Fisioterapia; Fonoaudiologia; Medicina; Medicina Veterinária; Nutrição; Odontologia; Serviço Social; Zootecnia; Tecnologia em Agronegócio; Tecnologia em Estética e Cosmética; Tecnologia em Gestão Hospitalar e Tecnologia em Gestão Ambiental.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber