Cotidiano

Cida participa do prêmio Empresário do Ano de Maringá

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Cida participa do prêmio Empresário do Ano de Maringá
Cida participa do prêmio Empresário do Ano de Maringá

A governadora em exercício Cida Borghetti e o ministro da Saúde, Ricardo Barros, participaram nesta sexta-feira (25), em Maringá, no Noroeste do Estado, da entrega do prêmio Empresário do Ano, concedido ao fundador da empresa Crivialli, João Cantagalli. Cerca de 550 pessoas participaram do evento, que é promovido pela Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM) há 37 anos.

continua após publicidade

“O João Cantagalli é um pessoa extraordinária, um ex-executivo que apostou na iniciativa privada 20 anos atrás e hoje atravessa fronteiras”, afirmou a governadora em exercício. “Os produtos do grupo Crivialli estão presentes em vários países da América do Sul. É um produto nosso, paranaense, feito em Maringá. Quero cumprimentar a Associação Comercial e Industrial de Maringá pela feliz escolha em homenagear este empresário de sucesso”, disse Cida.

A Crivialli foi fundada há 20 anos com apenas dez funcionários e um pequeno galpão alugado. Hoje, ela emprega cerca de 300 pessoas e possui duas fábricas para a produção de 300 produtos de limpeza doméstica, automotiva, pet e higiene pessoal.A empresa exporta para Paraguai, Uruguai, Venezuela e Bolívia e trabalha para aumentar a presença no mercado internacional. Neste ano, foi aberta uma gerência regional de vendas em São Paulo, que atenderá também Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

continua após publicidade

“Este prêmio é um reconhecimento de um trabalho de longos anos e foi concedido não só a mim, mas uma equipe de pessoas que está atenta e atua na vanguarda do nosso mercado”, afirmou Cantagalli. “Principalmente neste momento de crise, precisamos nos reinventar todos os dias, o mercado está muito competitivo e exige que as empresas se modernizem em todos os sentidos”, declarou.

O presidente da ACIM, José Carlos Valêncio, ressaltou que a entidade escolheu o empresário por reconhecer o importante trabalho da Crivialli no desenvolvimento de Maringá. “Escolhemos um industrial que produz centenas de produtos aqui em Maringá que são comercializados no Brasil todo. É um empresário de destaque na nossa cidade”, afirmou.

Potencial do Paraná
O Paraná vive o maior ciclo de industrialização da sua história, com a atração de R$ 42 bilhões em investimentos pelo programa Paraná Competitivo. A economia do Estado cresceu 2,5% no primeiro trimestre, enquanto o Produto Interno Bruto (PIB) nacional encolheu 0,4% no período.O Paraná foi eleito pelo grupo The Economist, por duas vezes seguidas, o segundo estado mais competitivo do País, atrás apenas de São Paulo. O Estado também foi escolhido, pelo Financial Times, o que tem a melhor política de atração de investimentos da América do Sul. A Agência Paraná de Desenvolvimento (APD) e o programa Paraná Competitivo estão entre os oito melhores do mundo também de acordo com ranking do Financial Times.

continua após publicidade

Segurança pública
Na manhã deste sábado (26), Cida Borghetti se reuniu com o prefeito de Maringá, Ulisses Maia, e autoridades do município para discutir questões relacionadas à área de segurança pública. O secretário estadual da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita, o chefe da Casa Militar, coronel Élio de Oliveira Manoel, e a chefe do Estado Maior da Polícia Militar do Paraná, coronel Audilene Dias, também acompanharam a reunião, que aconteceu no 4º Batalhão da Polícia Militar.

Cida reiterou o compromisso do Governo do Estado em ampliar o efetivo de policiais no município e ressaltou que, no mês de novembro, dez viaturas serão encaminhadas ao município para melhorar as condições de trabalho dos policiais militares. Na quinta-feira (24), a governadora em exercício havia anunciado o repasse de R$ 500 mil a Maringá para a aquisição de viaturas para a Guarda Municipal. O município já recebeu um reforço de três viaturas neste ano para atender o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil.

“Estamos todos unidos para promover a segurança pública de Maringá”, afirmou a governadora em exercício. “Os investimentos na área são feitos sistematicamente pelo Governo do Estado. Desde 2011, foram contratados 11 mil agentes de segurança no Estado, incluindo policiais, bombeiros e investigadores. Também foram adquiridas novas viaturas e armamentos para reforçar a segurança de todo o Paraná”, disse.

continua após publicidade

O prefeito Ulisses Maia explicou que a reunião foi necessária para traçar estratégias para a melhorar a sensação de segurança na cidade. “A reunião atendeu aquilo que queríamos, a população tem reclamado da falta de segurança. Claro que se compararmos Maringá com outras cidades estamos muito melhores, mas queremos melhorar ainda mais. Queremos unir todos para que Maringá tenha mais viaturas, um efetivo maior e mais segurança”, destacou.

O secretário Wagner Mesquita ressaltou que o investimento do Governo do Estado faz com os índices de criminalidade caiam em todo o Paraná, incluindo na cidade de Maringá. “Melhorar é sempre necessário. A polícia trabalha com estatísticas e objetividade e temos resultados positivos. No primeiro semestre, houve uma redução de 37% nos homicídios do município, um número expressivo. Houve também redução nos furtos e em furtos de veículos”, destacou.

continua após publicidade

Governadora visita Centro de Especialidades de MaringáTambém no sábado, a governadora em exercício vsitou o Centro de Especialidades de Maringá, que está previsto para ser inaugurado ainda neste ano. A unidade será referência no atendimento de média complexidade para 30 municípios da região. O Governo do Estado investe R$ 17 milhões no espaço, que vai beneficiar uma população de 800 mil pessoas. Com o novo centro, será possível ampliar em 60% o número de atendimentos - serão cerca de 20 mil por mês.

A obra está sendo equipada com mobiliário, equipamentos médicos, odontológicos, oftalmologia, focos cirúrgicos, entre outros. O centro contará com 19 consultórios médicos, sete consultórios odontológicos e 13 para atividades de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e outras especialidades não médicas. Além de três salas cirúrgicas para pequenos procedimentos, setor de imagem completo com 15 salas de exames e uma sala de observaçãoA unidade será administrada pelo Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Setentrião Paranaense (Cisamusep) e vai ampliar o polo de saúde da cidade. Na mesma quadra funcionam o Hospital Municipal de Maringá, uma Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas e a unidade do Samu de Maringá.

Todas as etapas da construção são acompanhadas e fiscalizadas por técnicos da Paraná Edificações, vinculada à Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística. Atualmente, o Centro de Especialidades do município funciona em um prédio alugado, pago com recursos do Governo do Estado. O local é um antigo hospital, com mais de 60 anos.

Centros
Os Centros de Especialidades do Paraná serão implantados nas 22 regiões de saúde. Eles concentram em um mesmo espaço consultas, exames especializados, atendimento com equipe multidisciplinar e cirurgias eletivas ambulatoriais.
O programa foi criado pelo atual governo, que já inaugurou as unidades de Toledo, Pato Branco Cornélio Procópio, Apucarana, Francisco Beltrão e Medianeira. Outros cinco estão em obras: Guarapuava, Maringá, Londrina, Cascavel e Jacarezinho.