Cotidiano

Temporal danifica 350 casas e 20 prédios comerciais no Paraná

Da Redação ·
 Conforme balanço da Defesa Civil, 400 casas sofreram danos com o temporal - Foto: Renato Lima/ Rádio Entre Rios
Conforme balanço da Defesa Civil, 400 casas sofreram danos com o temporal - Foto: Renato Lima/ Rádio Entre Rios

Balanço divulgado pela Defesa Civil do Paraná aponta que 350 casas, 20 prédios comerciais e três postos de saúde sofreram danos em Santo Antônio do Sudoeste, na região sudoeste do Estado, por conta de temporal com vento forte e granizoregistrado no final de semana.

continua após publicidade
Temporal danifica 350 casas e 20 prédios comerciais no Paraná fonte: Reprodução

Três unidades de saúde de Santo Antônio do Sudoeste foram
danificadas por temporal - Foto: Renato Lima/ Rádio Entre Rios

Diversas árvores de médio e grande porte foram arrancadas com a força do vento. Os Bombeiros Comunitários, a Defesa Civil e a administração municipal distribuíram lonas para as famílias atingidas, desobstruíram vias urbanas e rurais e contabilizaram os prejuízos.

continua após publicidade
Temporal danifica 350 casas e 20 prédios comerciais no Paraná fonte: Reprodução

Árvores de médio e grande porte caíram com a força dos ventos
Foto: Renato Lima/ Rádio Entre Rios

Meteorologia
Nesta segunda-feira a frente fria se afasta do Paraná em direção ao Sudeste do País, mas o dia ainda tem céu com muitas nuvens e até chuvas fracas/chuviscos entre o leste e litoral do Estado. 

Nas demais regiões amanhece com tempo estável e poucas nuvens, devido ao avanço de uma massa de ar frio e seco sobre toda a Região Sul do Brasil. O ar frio predomina em grande parte do Paraná, mas de forma mais expressiva no centro-sul e oeste, inclusive com previsão de formação de geada fraca em fundos de vales das regiões tipicamente mais frias.

Terça-feira
Na terça-feira o ar seco e mais frio predomina em todo o Paraná. Com isso, não há mais previsão de chuva e o dia terá a presença do Sol entre algumas nuvens. Novamente amanhece com temperaturas baixas, tendo valores abaixo dos 5ºC no centro-sul paranaense. A maior disponibilidade de umidade e as temperaturas baixas do amanhecer ajudam a formar nevoeiros que poucas horas depois começam a se dissipar.