Mais lidas
Cotidiano

MP aponta que mais de 9 mil presos fugiram de cadeias anexas a delegacias no PR

.

Cadeia Pública de Ivaiporã, no Vale do Ivaí, durante vistoria. Foto: Ivan Maldonado
Cadeia Pública de Ivaiporã, no Vale do Ivaí, durante vistoria. Foto: Ivan Maldonado

Levantamento da Associação de Delegados da Polícia Civil (Adepol) repassado ao Ministério Público (MP) aponta que mais de 9 mil presos fugiram das cadeias anexas a delegacias, neste ano no Paraná. Conforme a pesquisa, são 9,7 mil detentos nestas unidades que foram construídas para abrigar 4.370 pessoas. 

Na região, fugas foram registradas em Arapongas e Rio Branco do Ivaí. Apesar de não ter registrado fugas, a cadeia de Ivaiporã teve várias tentativas. Em março deste ano, a justiça determinou a interdição da unidade. O prédio foi construído em 1982, projetado para abrigar 32 presos. Na época que o Ministério Público vistoriou o local havia 157 presos no local.

A tutela de presos em delegacias é um problema antigo e sobrecarrega a Polícia Civil e interfere no andamento investigações. 

Conforme o MP, o Paraná é o único estado da região sul do país com detentos nas delegacias. Santa Catarina e Rio Grande do Sul não têm presos nestes locais, e São Paulo, que possui população quatro vezes maior que a do Paraná, tem 3.204 presos nessas condições. 

O MP fez um termo de ajustamento pedindo a transferência de 90% dos presos em delegacias até o final de 2018 e aumento das vagas no sistema prisional. A Secretaria de Segurança e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp) se manifestou dizendo que desconhece os termos de ajuste de conduta .

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber