Cotidiano

Homem que convivia com tumor na boca há 30 anos finalmente é operado; veja imagens

Da Redação ·
O homem sofreu com a condição até ser operado recentemente. (Foto: Liam Cochrane)
O homem sofreu com a condição até ser operado recentemente. (Foto: Liam Cochrane)

Imagine conviver com algo que não te permite falar, beber, muito menos comer. Seria ruim, certo? Pois então, pense conviver há 30 anos com um enorme e massivo tumor que não te permita fazer nada disso. Essa é a história de Eng Kheng, um cambojano que sofreu dia após dia com um tumor que simplesmente arrancou todos seus dentes e o impede de ter uma vida normal.

continua após publicidade

Morador de uma pequena aldeia de Kmapong Cham, o homem sofreu com uma doença chamada 'displasia fibrosa', que faz com que o tumor tome conta de toda sua cavidade bucal, incluindo bochechas e dentes, o que acabou dificultando o simples ato de comer ou beber algo que ele quisesse, segundo o relatado pelo site Metro, o homem tinha de 'se inclinar como uma galinha' para conseguir comer certos tipos de alimentos que ele ainda conseguia digerir.

Homem que convivia com tumor na boca há 30 anos finalmente é operado; veja imagens fonte: Reprodução

Um assistente social acabou visitando a aldeia onde o portador do tumor mora, para verificar a visão dos nativos e fez um encaminhamento do caso do homem para a capital, Phnom Penh, fazendo com que o caso de Eng chgesse a um grupo de médicos australianos liderados por Andrew Cheng que acabaram levando-o para ser operado em Adelaide (capital da Austrália Meridional), dado ao fato de que as condições do Hospital Preah Ket Mealea seriam extremamente escassas.

continua após publicidade

CUIDADO: A IMAGEM ABAIXO É FORTE E PODE CHOCAR

Homem que convivia com tumor na boca há 30 anos finalmente é operado; veja imagens fonte: Reprodução

De acordo com o Dr. Cheng, apesar da Universidade do Camboja ter um mestrado em cirurgias oral e maxilofacial, seus módulos são baseados em visita a hospitais da Austrália, Japão e EUA. "Casos como o do Sr. Eng acontecem um em cada 750 mil, mas vejam a coincidência de que apenas na família dele, existam mais 2: seu pai e seu irmão. O que nos preocupa com a falta de assistência que os cambojanos tem tido na área cirúrgica.", diz ele.

O cambojano foi operado com recursos do Walk on Water, cuidados pró-bono do Hospital Ashford e da comunidade cambojana local. Segundo declaração do mesmo enquanto era operado, ele apenas se imaginou dentro de um grande avião e acabou adormecendo instantes antes de entrar na sala de cirurgia. "Fui muito bem tratado na Austrália, tive passeios e ótimas refeições, mas o importante foi a minha cirurgia ter sido bem sucedida. Eu estou com uma vida nova.".

Homem que convivia com tumor na boca há 30 anos finalmente é operado; veja imagens fonte: Reprodução

Hoje, a diferença entre as feições de Eng são incríveis. Mesmo com algumas cicatrizes no rosto e precisando usar dentadura para atividades mais corriqueiras, ele só sabe sorrir e agradecer. De acordo com o divulgado, o único sentimento que o homem consegue descrever é o de gratidão por ter sua vida de volta aos médicos que possibilitaram isso.